sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Dia da Consciência Negra: shows, exposições e filmes para celebrar a data

Vídeo do Guia Folha com os destaques do fim de semana Arte

Entre os séculos 19 e 20, a região da Barra Funda era ponto de parada de uma linha ferroviária. Depois do expediente, os trabalhadores responsáveis por carregar e descarregar os trens —a maioria deles negros— se juntavam para batucar. Nascia assim, no Largo da Banana, o samba paulista.
O bairro do Bexiga, por sua vez, abrigou um dos maiores cortiços da cidade, o Navio Negreiro, e o quilombo urbano do Saracura.
Na Liberdade, famosa por ser reduto da comunidade japonesa na cidade, os escravos eram açoitados em um pelourinho.
As paisagens foram modificadas. E poucos são os sinais de que essas histórias aconteceram nesses lugares. No Dia da Consciência Negra (20), o "Guia" selecionou dez locais onde é possível conhecer e entender melhor o passado. São exemplos o terreiro Axé Ilê Obá, a Casa Mestre Ananias e o Samba da Vela, nos quais a cultura negra e afro-brasileira se manifesta por meio da religião, da arte, da dança e da música.
Segundo Marcos Virgílio da Silva, arquiteto e urbanista, intervenções do poder público consideradas melhorias urbanas obrigaram a população a se deslocar para outros lugares. "O descaso contribuiu para que se apagassem memórias não tão valorizadas. O resultado é que não sabemos quais lugares representam a cultura negra. A impressão é que São Paulo sempre foi povoada por europeus, e não é bem assim", completa.
Abaixo você encontra mais de 30 atrações para comemorar o feriado. Entre elas, há show de Tássia Reis, exposição sobre Zumbi dos Palmares e mostra com filmes afrofuturistas, caso de "Space Is The Place". Crianças podem participar de oficinas de samba, capoeira e até de escrita criativa -esta inspirada na obra de Carolina Maria de Jesus (1914-1977).
*
SHOWS
Aláfia com Tony Tornado
A banda, cujo nome significa "Caminhos Abertos", em iorubá, mescla rap, música de terreiro, MPB e funk.

Ellen Oléria
Entoa canções autorais e clássicos que vão do samba ao maracatu e afoxé.

Homenagem ao Jair Rodrigues
Luciana Mello e Jairzinho interpretam canções de seus repertórios e sucessos do pai.

Centro Cultural do Jabaquara - r. Arsênio Tavolieri, 45, Vila Parque Jabaquara, tel. 5011-2421. Aláfia, sex.: 21h. 90 min. Ellen Oléria, sex.:19h. 90 min. Homenagem a Jair Rodrigues, sáb.: 18h. 60 min. Livre. GRÁTIS
Baye Fall Afric
A banda toca instrumentos tradicionais africanos.

Regina Ribeiro & Banda
O show une aspectos culturais africanos e da música mundial.

Sesc Itaquera - av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000, Parque do Carmo, tel. 2523-9200. 800 pessoas. Baye Fall Afric, sex.:15h. 120 min. Regina Ribeiro, dom.: 15h. 90 min. Livre. Estac. (R$ 10 e R$ 20). GRÁTIS
Os Opalas
A banda tem influências do samba, soul, reggae, rap e rock e a proposta de difusão da música brasileira.

Sesc Santo Amaro - pça. de eventos - r. Amador Bueno, 505, Santo Amaro, região sul, tel. 5541-4000. 300 lugares. Sex.: 17h. 90 min. Livre. Estac. (R$ 4,50 e R$ 10 a 1ª h). GRÁTIS
Salloma Salomãoe Banda Al-Andaluz
O espetáculo "Notas Tortas da Madrugada" revisita o repertório de mais de 300 canções de Salomão, compostas desde 1976.

Chico César
O cantor e compositor apresenta no show seu novo disco, "Estado de Poesia", após oito anos sem lançar músicas (veja mais na pág. 51).

Tássia Reis
Revelação do hip-hop, mescla R&B, jazz e MPB. Ela deu início à carreira solo em 2013.

Sesc Campo Limpo - r. Nsa. Sra. do Bom Conselho, 120, Chácara Nossa Senhora do Bom Conselho, tel. 5510-2700. Salloma Salomão, sex.: 20h. 80 min. Chico César, sáb.: 20h30. 80 min. Tassia Reis, dom.: 18h30. 80 min. Livre. GRÁTIS
Shows no centro
No festival, destaque para o shows de Izzy Gordon e Jorge Aragão com Arlindo Cruz e Alcione.

Vale do Anhangabaú, s/nº, s/tel. Embaixada do Samba Convida Velha Guarda, sex.: 12h às 12h50. Show Izzy Gordon, sex.: 13h20 às 14h05. Show Banda Black Rio, sex.: 14h30 às 15h20. Show Chico César, sex.: 16h às 16h40. Show Nereu Mocotó e Tereza Gama, sex.: 17h20 às 18h. Show Sampagode Convida Leci Brandão, sex.: 18h30 às 19h20. Show Jorge Aragão Convida Arlindo Cruz e Alcione, sex.: 20h às 21h40. Show Escola de Samba Vai Vai, sex.: 22h às 22h40. Encerramento, sex.: 22h40 às 22h45. Seminário: Novas Mídias e a Questão Racial, ter.: 19h às 21h. Livre. GRÁTIS
-
DANÇA E TEATRO
A Viagem dos Eborás
O Makala retrata, com música e dança, como as divindades partiram do reino Orun e iniciaram a vida na terra.

Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes - av. Henriqueta Noguez Brieba, 281, Conjunto Habitacional Fazenda do Carmo, região leste, tel. 2556-3624. Sex.: 10h30. GRÁTIS
Fábrica de Cultura Itaim Paulista - r. Estudantes da China, 572, Itaim Paulista, região leste, tel. 2025-1991. Sáb.: 15h30. GRÁTIS
A Cruz que Me Carrega
Do Núcleo Pé de Zamba, o espetáculo de dança aborda o catolicismo popular afro-mineiro.

Sesc Santo Amaro - pça. de eventos - r. Amador Bueno, 505, Santo Amaro, tel. 5541-4000. 300 lugares. Dom.: 17h. 60 min. Livre. Estac. (R$ 4,50 e R$ 10 a 1ª h). GRÁTIS
Diálogos Ancestrais
A apresentação de dança da Trupe Benkady é uma viagem pela ancestralidade.

Centro Cultural do Jabaquara - r. Arsênio Tavolieri, 45, Vila Parque Jabaquara, região sul, tel. 5011-2421. Ter.: 14h30. 60 min. Livre. GRÁTIS
Galanga, Chico Rei
Com direção de João das Neves, o espetáculo musical apresenta a lendária história de Chico, rei no Congo que foi trazido como escravo para o Brasil.

Caixa Cultural São Paulo - pça. da Sé, 111, Sé, tel. 3321-4400. Qui. a dom.: 19h15. 90 min. Livre. Até 22/11. GRÁTIS
Terreiro Urbano
Do grupo Treme Terra, representa o xirê -festa de saudação aos orixás.

Centro Cultural do Jabaquara - auditório - r. Arsênio Tavolieri, 45, Vila Parque Jabaquara, tel. 5011-2421. 300 pessoas. Dom.: 18h. 60 min. Livre. GRÁTIS
-
EXPOSIÇÕES
AquiÁfrica
Treze artistas africanos mostram seus olhares sobre o continente por meio de fotografia, vídeo e instalação, e problematizam questões como a xenofobia.

Sesc Belenzinho - r. Pe. Adelino, 1.000, Quarta Parada, tel. 2076-9700. Ter. a sex.: 13h às 21h. Sáb. e dom.: 11h às 19h. Até 28/2/2016. Livre. Estac. (R$ 4,50 e R$ 10 a 1ª h). GRÁTIS
Arte, Adorno, Design e Tecnologia no Tempo da Escravidão
Itens de trabalho do campo e da cidade dos séculos 18 e 19 mostram a contribuição do negro para a ciência.

Deoscoredes Maximiliano dos Santos - O Universo de um Alapini Asipá
Exibe obras do Mestre Didi, artista plástico voltado para a cultura e vida afro-brasileira.

Um Tributo ao Historiador Joel Rufino dos Santos
Na abertura da mostra, haverá leitura dramática do texto do autor, "A Botija de Ouro".

Museu Afro Brasil - Pq. Ibirapuera - av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, parque Ibirapuera, tel. 3320-8900. Ter. a dom.: 10h às 17h (c/ permanência até as 18h). 'Arte....' e 'Deoscoredes....', abertura: 21/11, 12h. 'Um Tributo...', abertura: 20/11, 12h30. Até 3/1/2016. Livre. Ingr.: R$ 6 (sáb. e dia 20: grátis). Estac. (sistema Zona Azul - no portão 3). Visita monitorada p/ 3320-8921 ou agendamento@museuafrobrasil.org.br.
Corpa Negra
Aquarelas, retratos e poesias de artistas negras da periferia compõem a mostra. O título homenageia Maria Tereza Moreira de Jesus (1974-2010).

Sesc Itaquera - av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000, Parque do Carmo, tel. 2523-9200. 200 pessoas. Qua. a dom.: 9h às 17h. Até 31/1/2016. Livre. Estac. (R$ 10 e R$ 20).GRÁTIS
Zumbi A Guerra do Povo Negro
Fotos de Tiago Santana e ilustrações de Fernando Vilela traçam a história de Zumbi, último líder do Quilombo dos Palmares.

Sesc Vila Mariana - Rua Pelotas, 141, Vila Mariana, tel. 5080-3000. Abertura: sex.: 11h. Ter. a sex.: 10h às 21h30. Sáb.: 10h às 20h30. Dom. e feriados: 10h às 18h30. Até 31/1/2016. Estac. (R$ 4,50 e R$ 10 a 1ª h). GRÁTIS
-
CINEMA
Afrofuturismo: Cinema e Música em uma Diáspora Intergaláctica
O afrofuturismo diz respeito à manifestação na qual questões afro-americanas ganham elementos de ficção. Entre os longas internacionais da mostra, destaque para "Space Is the Place", escrito e protagonizado pelo jazzista Sun Ra. Na lista dos brasileiros está "Branco Sai, Preto Fica", que mescla documentário e fantasia. Todo os filmes serão exibidos no Caixa Belas Artes.

Rio 40 Graus
De Nelson Pereira dos Santos, mostra a realidade de cinco garotos da favela vendendo amendoim no Rio de Janeiro.

Iyalode - Damas da Sociedade
Por meio da história de quatro mães de Santo de candomblé que moram em São Paulo, desenha-se um panorama da tradição afro-brasileira na cidade.

Centro Cultural do Jabaquara - r. Arsênio Tavolieri, 45, Vila Parque Jabaquara, tel. 5011-2421. 300 pessoas. Rio 40 Graus, dom.: 16h. 100 min. Classificação indicativa não informada. Iyalodê: Damas da Sociedade, sex.: 11h30. 52 min. Livre. GRÁTIS
-
CRIANÇA
Brincando de Brasil com a Casa Mestre Ananias
Na oficina Brincar de Descobrir Capoeira, participantes aprendem preceitos básicos da dança. Já a atividade Brincar de Descobrir o Samba de Roda é, antes de tudo, uma oficina de dança com brincadeiras.
Sesc Consolação - r. Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, tel. 3234-3000. 200 vagas. Brincar de Descobrir Capoeira, sex.: 14h. Brincar de Descobrir Samba de Roda, sex.: 16h. Livre. GRÁTIS
Kiriku e a Feiticeira
A animação é inspirada em uma lenda africana. Nela, um garoto enfrenta a feiticeira Karabá, que secou a fonte d'água e roubou o ouro da aldeia.

Centro Cultural do Jabaquara - auditório - r. Arsênio Tavolieri, 45, Vila Parque Jabaquara, região sul, tel. 5011-2421. 300 pessoas. Qui.: 14h. 70 min. Livre. GRÁTIS
Oficina de Estamparia Africana
Com recortes, dobraduras e colagens, cada participante cria a sua própria estampa.

Oficina de Xequerê
Crianças confeccionam o instrumento musical vindo da África, que é feito de cabaça.

Museu do Futebol - Estádio do Pacaembu - pça. Charles Miller, s/nº, Pacaembu, tel. 3664-3848. Oficina de Estamparia Africana, dom.: 11h. 90 min. Livre. Ingr.: R$ 6. Oficina de Xerequê, sáb.: 11h às 12h30. Livre. Estac. (sistema Zona Azul). GRÁTIS
Oficina: Escrita Criativa a partir de Carolina Maria de Jesus
Inspiradas pelo conjunto da obra de Carolina Maria de Jesus (1914-1977), autora de "Quarto de Despejo", crianças irão elaborar textos -sozinhas ou em grupos. A atividade está relacionada à mostra "Carolina em Nós", em cartaz na lateral do Museu Afro Brasil.

Caixa Cultural São Paulo - pça. da Sé, 111, Sé, tel. 3321-4400. 30 pessoas. Oficineiras: Grupo Ilú Obá de Min, qui.: 9h30. Até 27/11. 90 min. 10 anos. Inscrição p/ tel. GRÁTIS
Os Coloridos
A Cia. os Crespos apresenta neste fim de semana a história de duas araras, uma vermelha e outra amarela, em uma disputa para saber quem é melhor. É quando chega a arara azul, para mostrar a beleza da diversidade.

Sesc Campo Limpo - área externa - r. Nsa. Sra. do Bom Conselho, 120, Chácara Nossa Senhora do Bom Conselho, tel. 5510-2700. Sex. a dom.: 17h. GRÁTIS
-
PASSEIOS
Cortejo do Grupo Ilú Obá de Min
O coletivo de tambores é composto só de mulheres.

Em frente ao Centro Cultural do Jabaquara - r. Arsênio Tavolieri, 45, Vila Parque Jabaquara, s/tel. Sex.: 16h30. 90 min. Livre. GRÁTIS
Encontro de Histórias e Canções Afro-Brasileiras e Afro-Cubanas
Contos, mitos e poesias são interpretados ao som de berimbaus.

Sesc Santo Amaro - pça. de eventos - r. Amador Bueno, 505, Santo Amaro, tel. 5541-4000. 300 lugares. Sáb.: 17h. 60 min. Livre. GRÁTIS
Mesa de debate: Intolerância Religiosa
Com Pedro Neto, diretor do filme "Iyalode - Damas da Sociedade" e Mãe Paula de Yansã, do Axé Ilê Obá (veja na pág. 10).

Centro Cultural do Jabaquara - auditório - r. Arsênio Tavolieri, 45, Vila Parque Jabaquara, tel. 5011-2421. 300 pessoas. Sex.: 15h. 90 min. Livre. GRÁTIS
Oficina de Turbante
A marca Boutique de Krioula ensina a amarração de turbantes e busca valorizar as origens afro.

Sesc Campo Limpo - r. Nsa. Sra. do Bom Conselho, 120, Chácara Nossa Senhora do Bom Conselho, tel. 5510-2700. Sex. a dom.: 15h às 19h. Livre. GRÁTIS

Guia Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays