Cruz Vermelha Brasileira lança projeto de empregos para jovens


Cruz Vermelha Brasileira lança projeto de empregos para jovens












No dia Mundial da Juventude, a Cruz Vermelha Brasileira lançou um importante projeto para jovens socialmente vulneráveis conseguirem seu primeiro emprego. Hoje, em solenidade na sede do órgão Central, no Rio de Janeiro, a centenária instituição de ajuda humanitária apresentou o Projeto de Educação Profissional (PEP). Além de reforço escolar, informações sobre cidadania e noções de primeiros socorros, jovens entre 15 e 23 anos serão formados como auxiliar de escritório. “É um projeto piloto que vai beneficiar 40 pessoas. Esperamos inserir estes alunos no mercado de trabalho. O objetivo, a médio prazo, é implantarmos o PEP em outras cidades”, informou a presidente da instituição, Rosely Sampaio.


O curso termina no dia 4 de dezembro. Além de passagem e alimentação, os inscritos terão atendimento psicológico e odontológico. Empresas que desejarem receber os futuros profissionais podem entrar em contato através do e-mail pepjovem@cruzvermelharj.org.br


No grupo dos candidatos mais jovens, com 15 anos, está Keila Tenório. “Espero alcançar meu primeiro emprego, para custear uma universidade”, desejou a moradora de Parada de Lucas. Entre os que têm mais idade, Shaymon Villardo, de 23 anos, vislumbrou a possibilidade de progredir em uma grande empresa, no que seria seu segundo emprego. “A função de auxiliar de escritório permite este crescimento”, argumentou o morador de Quintino que trabalha como garçom e deseja, após obter estabilidade financeira, abrir seu restaurante. Com a filha Júlia de 1 ano no colo, Jamille da Silva, do bairro de Jacarepaguá, aos 19 anos, contou seu evidente sonho: “arrumar um trabalho para cuidar da minha filha”.


Assessoria
PB Agora

Comentários