Milhares protestam contra o governo Dilma pelo Brasil

MANIFESTANTES PEDEM O IMPEACHMENT DE DILMA ROUSSEFF; VEJA

Pessoas se reúnem na Avenida Paulista, em São Paulo, para ato contra a corrupção e o governo federal. Neste momento, os manifestantes bloqueiam a Avenida Paulista nos dois sentidos.
Segundo estimativa da PM, protesto levou 275 mil pessoas à Avenida Paulista 
MSN Notícias

Manifestantes pedem o impeachment de Dilma Rousseff; veja

Protestos contra Dilma reúnem cerca de 39 mil em 11 Estados e no DF

Ao menos dez Estados e o Distrito Federal têm manifestações contra o governo Dilma Rousseff (PT) e contra a corrupção neste domingo (12). São registrados protestos no DF e nos Estados de GoiásMinas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Pará e Maranhão, AmazonasAlagoasSanta Catarina e Paraná.
De acordo com levantamento feito pelo UOL junto às Polícias Militares destes Estados, as manifestações reuniam cerca de 39 mil pessoas por volta das 12h30 em todo o país.
Em Brasília, o protesto começou por volta das 9h30. Os manifestantes levam cartazes contra a corrupção na Petrobras e há um grupo pedindo a intervenção das Forças Armadas. Às 11h30, havia mais de 10 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios, segundo a Polícia Militar. A segurança foi reforçada: de acordo com a PM do Distrito Federal, pelo menos 3.000 homens fazem a segurança da Esplanada dos Ministérios.
Em Belo Horizonte, os primeiros manifestantes começaram a chegar à praça da Liberdade, na região centro-sul da capital, e às 11h40, havia cerca de 2.500 pessoas, segundo a PM. Há previsão de que os participantes sigam até a praça da Estação, no centro da capital mineira. Também ocorrem atos em cidades do interior de MG, como Uberlândia, Ipatinga e Coronel Fabriciano.
Em São Paulo, as manifestações começaram primeiro no interior, em cidades como Campinas e Ribeirão Preto. Campinas reunia cerca de 5.000 manifestantes por volta das 11h30 da manhã, segundo a PM. Em Ribeirão, manifestantes começam a se concentrar em frente ao Teatro Pedro 2º, e havia 2.000 pessoas às 11h, também segundo a PM. Na avenida Paulista, na capital, manifestantes começaram a chegar por volta das 12h30.
No Rio de Janeiro, os manifestantes já lotam as galerias da estação de metrô do Cantagalo, em Copacabana, onde está marcada a concentração desta manhã. A PM do Rio disse que não fará estimativas de público do ato na capital fluminense.
Em São Luís, a organização do movimento "Brasil Livre" em São Luís informou que há 60 pessoas na concentração, mas, como não há PM no local, ainda não se sabe o número de pessoas. Eles aguardam a chegada de mais integrantes para iniciar a passeata. O protesto estava marcado para iniciar às 8h30 na Estação das Docas, de onde segue para a praça da República e em termina na praça do Operário.
Em Salvador, o protesto acontece no Porto da Barra e deve ser encerrado no Cristo da Barra por volta das 13h. A PM informou que 4.000 pessoas participam da marcha. Segundo o comandante da 11ª CIPM, major Assemany Junior, manifestantes caminham de forma pacífica, sem registro de tumultos, e 257 policiais militares estão monitorando o protesto.
Em Alagoas, o protesto deste domingo começou em Arapiraca (região agreste do Estado). Segundo organizadores do Movimento Brasil Livre, 150 pessoas participam de caminhada pelas ruas do centro de Arapiraca. A PM ainda não divulgou estimativa do número de manifestantes e informou que não há registro de tumultos. Os manifestantes estão vestidos com roupas nas cores amarelo, azul, verde e branco.
Em Belém, manifestantes começaram a caminhada avenida Presidente Vargas e chegaram à doca Souza Franco. Segundo estimativas da PM loca, 5.000 participam da marcha. De acordo com o coronel Leno Carmo, 800 homens da área de segurança foram escalados para trabalhar neste domingo.
No Amazonas, a PM informou que a manifestação na Praça do Congresso, no Centro de Manaus, tem número pequeno de pessoas neste domingo (12). O movimento estava marcado para às 9h (10h horário de Brasília), mas até agora não passa de 20 pessoas devido à chuva que ocorre na capital.
Em Santa Catarina, cidades como Chapecó e Balneário Camboriú já tinham manifestações no início da manhã.
Em Goiás, a cidade de Rio Verde reúne cerca de 250 pessoas que protestam contra a corrupção, de acordo com a Polícia Militar. A manifestação na cidade, que fica localizada no Sudoeste do Estado, começou às 9h.
Se você tem informações sobre os protestos realizados neste domingo (12), envie para o UOL o seu relato em texto, foto ou vídeo via Whatsap.
Texto: UOL

Comentários

Postar um comentário