EXPERIÊNCIAS












 (tudo que vivemos são experimentos, a fim de 
 alcançarmos maturidade.)


Muitas vezes, o tempo que se perde, é experiência que se adquire

O que se vive de ilusões também nos leva a grandes reflexões

Faz pensar o que se pode ser feito

Para não mais cair na mesma cilada

Faz mudar o percurso, buscar nova estrada

Mas nem sempre precisamos aprender com aquilo

Que se mostra arriscado ou até mesmo proibido

Nem todo novo caminho é necessariamente produtivo

Às vezes precisamos de exemplos alheios para amadurecer

Nem tudo a gente descobre, aprende ou discerne sozinho

Nem todo erro traz acerto, mas toda boa escolha, refaz uma história

Deixa leve, desobstruída por inteiro nossa alma

Muitas vezes, o tempo que se perde, é vida que se esvai e não volta mais

Amadurecimento, vida convertida no conhecimento

Das dores resistidas em meio a tantos sofrimentos

Amadurecimento, humildade apenas de reconhecer

Que por mais que se aprenda, sempre se está a aprender

Experiências: quanta divergência, quanta falsa aparência, quanta nova consciência?

Quanta fé, quanta descrença, quanta esperança se perde ou se ganha no viver?

Não existe idade, para assumir um compromisso de maturidade, com a verdade!


"... e se fosse fácil achar, todas as respostas que eu procuro, nesse intenso caminhar..."


Este texto envolve duas vertentes, a fim de não haver um só questionamento.

Caso discorde de algo, deixe aqui sua crítica que ela será bem aceita.


TODO QUESTIONAMENTO É VÁLIDO, DESDE QUE HAJA RESPEITO!
 
Daniel Guimarães


Mensagem compartilhada em minha página no FACE, abaixo meu comentário junto à mesma.


Pertinente, lindo e profundamente reflexivo, Daniel!  Viver também é isso, oportunidades repetidas para se fazer o bem, escolher os melhores amigos, os melhores caminhos, ainda que errando e muitas vezes sem perceber quando não pensamos, acabamos fazendo "escolhas"não muito recomendáveis. Mas tudo isso e muito mais "é" inerente à nossa condição humana. A maturidade nos capacita a sermos mais criteriosos, por exemplo na hora de determinadas "escolhas", nos faz sentir mais capazes de avaliar o que serve ou não para nós.
 
Aparecida Ramos



Comentários