Pular para o conteúdo principal

Guzzo: "Gilmar Mendes é uma fotografia ambulante do subdesenvolvimento brasileiro"



Enquanto a Veja faz acrobacias para tentar justificar a soltura de José Dirceu pela Segunda Turma do STF, José Roberto Guzzo, ex-diretor e atual colunista da revista, publica uma artigo, digamos, "conspiratório", intitulado "Gilmar e Guiomar".
Leia, por favor:
"O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, é uma fotografia ambulante do subdesenvolvimento brasileiro. Não há nada de especial com ele -- é apenas mais um, na multidão de altas autoridades que constroem todos os dias o fracasso do país. Mas o ministro habita o galho mais elevado do Poder Judiciário, e é ali, no fim das contas, que se resolve se o Brasil é governado sob o império da lei, como acontece obrigatoriamente nas nações bem sucedidas, ou se, ao contrário, é governado segundo os desejos pessoais dos que mandam na vida pública, como acontece obrigatoriamente do Terceiro Mundo para baixo. Com as decisões que tem tomado, tirando da cadeia milionários envolvidos no maior processo de corrupção da história nacional, Mendes optou por adotar a figura do grão-magistrado de uma república bananeira — ele e mais outros tantos, entre os seus dez colegas do STF. Um requisito essencial para bloquear o desenvolvimento de um país é utilizar a lei para anular a eficácia da própria lei e eliminar as noções de “justo” e “injusto”. É como funciona, precisamente, a nossa mais alta corte de Justiça.
Todos sabem o que o ministro Gimar Mendes acaba de fazer. Soltou o campeão nacional Eike Batista, empresário-modelo dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, preso no Rio de Janeiro por corrupção e outros crimes; em seguida, foi o voto determinante na decisão de soltar o ex-ministro José Dirceu, cuja folha corrida não cabe no espaço desta e das demais páginas da corrente edição. Não se vão discutir aqui, em nenhum dos dois casos, a hermenêutica, a ideologia, a holística e outras charadas da suprema doutrina jurídica, que nossos altos magistrados costumam utilizar para dar uma cara científica às suas sentenças — o autor deste artigo não entende nada de direito e, além do mais, seria inútil tratar de coisas incompreensíveis para qualquer mente humana em regime normal de operação (…) O problema do ministro Gilmar Mendes é muitíssimo mais simples; ele é casado com dona Guiomar Mendes, e dona Guiomar Mendes trabalha no escritório de advocacia Sérgio Bermudes, do Rio de Janeiro, muito procurado por magnatas em busca de socorro penal. Um deles é Eike Batista. Ou seja: “Gil” mandou soltar um cliente do escritório de “Guio”. Pode? É claro que não.
O ministro, pela interpretação normal da palavra integridade, teria de ter passado o julgamento de Eike para um de seus colegas; não pode estar no STF e, ao mesmo tempo, decidir causas em que sua mulher tem interesses. Ele e seus admiradores alegam que o ato não foi flagrantemente ilegal. Bom, só faltava que fosse — até as ditaduras mais soturnas tentam evitar decisões 100% ilegais. Mas foi, com certeza, flagrantemente esquisito. (…) Mas sempre é possível achar na lei uma pirueta para legalizar aquilo que os julgadores querem que seja legal; há 500 anos eles estão achando saídas para tudo. Contrariam o senso mais compreensível de justiça. Transformam qualquer coisa em fumaça. Têm horror ao que chamam de “pensamento leigo”. Acham a lógica comum uma ameaça ao estado de direito. Não estão preocupados com fazer justiça. O que querem é defender os próprios interesses ou — vá lá — suas ideias e suas vaidades pessoais. É uma história ruim.”
Os admiradores de Gilmar Mendes já chamaram José Roberto Guzzo de “canalha”?
O Antagonista

Comentários

Eles estão caçando gays

Dia dos namorados - Acróstico

D.e repente você sente algo por outra pessoa... I.maturo(a), no verdor da juventude, sente-se  A.traído por alguém, que será seu primeiro namorado(a).
D.urante o namoro, uma fase linda, maravilhosa, mágica, O.nde tudo parece perfeito e infinito, nascem os S.onhos, que  embalam mais o encantamento do casal.
N.ada se compara à felicidade de um amor verdadeiro... A.inda sendo “difícil”, vale insistir viver uma bela história, M.as, precisa ser um amor livre. independente, só seu. O.amor nos prega peças muito difíceis de esquecer! R.aramente vive-se o amor com a mesma intensidade. A. rotina "corrói", destrói, a relação fica “insuportável”. D.evemos zelar como se fosse uma plantinha, O.s sentimentos que um dia nos uniram ao ser amado! S.e não sobrar amor, deve haver respeito e amizade.
Isis Dumont http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/publicacoes/editor.php?acao=ler&idt=4338424&rasc=0

Dent: A doença que, de tão rara, obriga uma mãe a buscar sozinha os recursos para a cura

Direito de imagemEVA GIMÉNEZImage captionEva faz sua própria odisseia para financiar pesquisas para a cura da doença de Nacho "Mamãe, vão me picar hoje?". "Sim", responde Eva Giménez sem hesitar. "Hoje você será picado, Nacho." "Mamãe, por que eu vou tanto ao hospital e as crianças da minha turma não?" "É porque você tem a doença de Dent. Não sabe?" "Ah, sim, claro, mamãe, por isso. Ok, ok." Nacho mora na Espanha, tem 7 anos e sonha em ser jogador de futebol, mas está proibido de correr ou jogar bola, exceto por um curto período de tempo a cada duas ou três semanas. Tudo porque sofre de uma grave osteoporose. "Nós vamos dois dias ao hospital e três dias à escola", explica Eva ao telefone à BBC Mundo, serviço em espanhol da BBC. Mas ressalta que "Nacho é o garoto mais feliz do mundo". "Queríamos que Nacho vivesse suas limitações e sua doença com alegria, porque não é algo passageiro. É para a vida toda…

Empatia, flexibilidade, cooperação: pesquisa de Harvard explica por que habilidades sociais ganham força no mercado de trabalho

Direito de imagem


Direito de imagemGETTY IMAGESImage captionProfessor de Harvard analisou o mercado de trabalho americano entre 1980 e 2012 A automação "engole" empregos ao redor do mundo, mas ainda está distante de substituir trabalhadores que combinem diversas habilidades complementares entre si - em especial habilidades sociais, como a capacidade de escutar e de trabalhar eficientemente em equipe. A explicação é do pesquisador David Deming, professor de Políticas Públicas, Educação e Economia na Universidade Harvard e autor de um estudo chamadoA crescente importância de habilidades sociais no mercado de trabalho, publicado em maio. Na pesquisa, que compila dados do mercado de trabalho dos EUA entre 1980 e 2012, ele nota um aumento na oferta de empregos para funções que requerem alto grau de interação humana, como gerentes, professores, enfermeiros, médicos e advogados. Enquanto isso, empregos puramente técnicos e de baixa interação humana, ocupados por exemplo por matemátic…

Incêndio florestal deixa 62 mortos e 59 feridos em Portugal

Mais da metade das pessoas morreu carbonizada dentro de seus carros em uma estrada tomada pelas chamas. Autoridades já afastaram a hipótese de incêndio criminoso

Bombeiros combatem incêndio na região central de Portugal, neste domingo (18) (Foto: Rafael Marchante/Reuters)
Um incêndio florestal de grandes proporções matou 62 pessoas e deixou 59 feridos em Pedrógão Grande, na região de Leiria, no centro de Portugal, segundo balanço oficial divulgado pelo jornal português “Público” na manhã deste domingo (18). Autoridades já afastaram a hipótese de incêndio criminoso. Mais da metade das vítimas (30) morreu carbonizada dentro de seus carros na estrada entre Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra, que foi tomada pelo fogo no sábado (17). O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, informou que, entre os feridos, 18 foram levados para hospitais. Quatro bombeiros e uma criança estão em estado grave. O número de mortos ainda pode aumentar.
VEJA FOTOS
O diretor nacional da P…

Deixar a mente fluir