terça-feira, 2 de agosto de 2016

Pincel de Deus






Imaginemos um pincel capaz de ver, pensar, querer e sentir - como o ser humano - e posto na mão de um grande pintor. Vendo surgir pouco a pouco na tela a obra-prima, ele certamente ficaria alegre por sentir-se um instrumento indispensável para a sua realização.

Pois bem, em relação a Deus, todos nós somos como que pincéis postos nas mãos do Divino Pintor, para a execução de sua obra nas almas. Não que sejamos instrumentos necessários - porque Ele pode fazer tudo sem auxílio de pessoa alguma - nas porque, em sua infinita Sabedoria, Ele deseja nosso cooperação.

Às vezes, Deus fala diretamente às almas, de forma irresistível, como a Saulo no caminho de Damasco.
Com frequência, porém, Jesus limita-se a sussurrar no fundo dos corações: "Volte-se para Mim ... Veja, a felicidade não está no prazer pecaminoso, mas na prática da virtude! Pense na eternidade... Recorra à minha Mãe, Ela virá em seu auxílio."

Infelizmente, a imensa maioria dos homens é surda, ou quase tanto, a esses insistentes apelos da graça. Mas Nosso Senhor, assim rejeitado, não desiste. Ele quer pintar em todas as almas a mais excelsa obra-prima que possa existir: o seu próprio rosto divino.
É na execução dessa sublime pintura que entra nosso papel de "pincel de Deus". A todo momento, Ele solicita a colaboração de cada um de nós para sua grandiosa obra de santificação das almas.

Como podemos responder SIM a esse pedido?


















De um modo muito simples, na rotina da vida diária. Em primeira lugar, rezando, pois nada se faz sem a graça, em matéria de apostolado. Muito importante também é dar o bom exemplo, um dos mais eficazes convites à conversão; dizer, na ocasião certa, uma palavra de estímulo ou de consolo; dar um conselho oportuno; recomendar a leitura de um bom livro ou uma boa revista; convidar para a Missa, ou a recitação do Rosário. Enfim, até mesmo por um simples olhar podemos ser instrumentos úteis e conduzir a Deus, por meio de Nossa Senhora, nossos irmãos na Fé.

Se nos dispusermos a ser pincéis dóceis nas mãos do Divino Pintor, experimentaremos uma das maiores recompensas que se pode ter nesta terra: a alegria de ver a ação da graça purificando e transformando as almas daqueles que são objeto do nosso apostolado. E infinitamente maior será a recompensa que receberemos no Céu, por toda a eternidade!
Padre Emilio Carlos
Grata!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays