sábado, 16 de abril de 2016

Papa leva três famílias de refugiados sírios para Roma

Ideia é ajudar os muçulmanos a encontrar trabalho. Papa explicou que foi um gesto humanitário e dentro da lei.


Na viagem de volta da Ilha grega de Lesbos para o Vaticano, o Papa levou três famílias de refugiados sírios.
São seis crianças e seis adultos, todos muçulmanos. No avião, Francisco explicou que foi um gesto humanitário, dentro da lei. O Vaticano vai pagar todas as despesas do grupo e ajudar a encontrar trabalho. No fim do mês passado, a União Europeia decidiu fechar a rota de imigração que milhões de pessoas estavam usando para fugir dos conflitos na Síria.
tópicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays