Pular para o conteúdo principal

És tu Canção de outono



Foto de Aparecida Ramos - Prosa e Poesia.

És a inspiração dos versos que me acordam
para o amor, me fazem construir poemas,
Desses que te fazem ficar mais sensível,
mais apaixonado,
e até (certas vezes) delirar.
És o perfume que entra em minha janela, invade meu quarto,
se impregna em meus cabelos e penetra as tramas
de nossos lençóis de linho.
És a melodia que me convida a dançar,
e no aconchego do teu abraço, ali mesmo
no quarto, envolvidos pela música suave
somos iguais a dois adolescentes,
nem percebemos o tempo passar.
Assim somos nós, dois apaixonados,
não importa a estação...
Se for primavera, festejamos o amigo sol;
caminhamos de mãos dadas, colhemos flores nas manhãs.
Se for inverno, somos aconchego diário, sentimos mais o valor do abraço... E o quanto é gostoso o calor de
nossos corpos entrelaçados.
No verão, o sol irradia, fazendo nossos dias
mais românticos e iluminados e nossa
sensualidade cada vez mais aflorada.
No outono, baixa a temperatura,
As folhas caem, levadas pelo vento e
pelas chuvas.
Somos nós - corpos em ebulição,
Amor em evolução.
A cada manhã um renovo, uma brisa fria a
lavar nossos rostos...
E nossos beijos trocados sob forte emoção
ouvindo o som da canção que fiz pra você.
És tu, amor, presente ou distante
Minha canção de outono,
Doce melodia de meu coração!
*******************************************************
isisdumont.prosaeverso.net
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Assim são todas as minhas 'obras' publicadas no Site:
Recanto das Letras.

Boa tarde, Caríssimos/as!!!

Comentários