sábado, 7 de novembro de 2015

Lista com desaparecidos em Mariana é divulgada com 19 nomes


Treze trabalhavam na barragem e seis são moradores de Bento Rodrigues.

Barragens de Fundão e Santarém se romperam na última quinta-feira.


tópicos:
 A Prefeitura de Mariana divulgou, na tarde deste sábado (7), uma lista com 19 nomes de pessoas desaparecidas em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, na Região Central de Minas, após o rompimento de duas barragens na última quinta-feira (5). Uma pessoa morreu.
Veja abaixo a lista:
Trabalhadores da Samarco Mineração e de empresas terceirizadas
Samuel Viana Albino
Valdemir Aparecido Leandro
Ailton Martins dos Santos
Claudemir Elias dos Santos
Edinaldo Oliveira de Assis
Sileno Narkievicius de Lima
Daniel Altamiro de Carvalho
Vando Maurílio dos Santos
Pedro Paulino Lopes
Mateus Marcio Fernandes
Marcos Aurélio Pereira Moura
Edmirson José Pessoa
Marcos Xavier
Moradores de Bento Rodrigues
Emanuele Vitória, de 5 anos
Thiago Damasceno Santos, de 7 anos
Ana Clara dos Santos Souza, de 4 anos
Maria Elisa Lucas, de 60 anos
Mariana da Silva Santos, de 21 anos
Bruno dos Santos Souza, de 29 anos
06/11 - Carros e destroços de casas são vistos em meio a lama após o rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Samarco no Distrito de Bento Rodrigues, no interior de Minas Gerais (Foto: Christophe Simon/AFP)Carros e destroços de casas são vistos em meio a lama, em Bento Rodrigues (Foto: Christophe Simon/AFP)
O rompimento destruiu 158 das 180 casas do distrito de Mariana. Depois que a lama baixou, só 22 residências estavam de pé. Centenas de pessoas seguem desabrigadas. Uma morte foi confirmada até este sábado.
Os bombeiros trabalharam deste sexta-feira para mapear o cenário da região de Bento Rodrigues, tentando saber onde estava cada casa. Com um mapa da região, os militares mapearam a cidade em quadrantes de 30 metros, para facilitar a localização das vítimas.

Ao menos 40 bombeiros estão trabalhando na lama neste sábado. Três tratores auxiliam nos trabalhos, dando condições para que eles cheguem até pessoas ilhadas.

A força-tarefa reúne, além de bombeiros de Belo Horizonte, Itabirito e Ouro Preto, integrantes da Defesa Civil e do Exército, e chega a 200 homens.
O rompimento das barragens de Fundão e Santarém liberou 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos, que inundaram o distrito de Bento Rodrigues. Ainda não há nenhuma informação sobre o que provocou o estrago.
A morte já confirmada é de Claudio Fiuza, de 40 anos, empregado de uma empresa terceirizada da Samarco e que teve um mal súbito quando as barragens romperam. Um corpo foi encontrado em Rio Doce, a 100 km das barragens, mas ainda não foi confirmado se é mais uma vítima do acidente.
Lista de desaparecidos após rompimento de barragem em Mariana (MG) (Foto: Raquel Freitas/G1)Lista de desaparecidos após rompimento de barragem em Mariana (MG) (Foto: Raquel Freitas/G1)
Veja como a tragédia aconteceu (Foto: Arte / G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays