domingo, 23 de agosto de 2015

Que Educação é essa?


PROFESSORES/EDUCADORES
"Em suma, no Brasil os professores tem péssimas condições de trabalho e, mesmo levando isso em consideração, temos um sistema muito ineficiente. Ou seja, estão certos os que dizem:
"não é possível educar bem com estes salários" 
e também estão certos os que dizem "é possível fazer melhor com o que já temos".

Eu venho de uma época "atrasada", sim, mas sempre tive orgulho de minha 4ª série (antigo curso primário). Tinha em minha casa uma quantidade significativa da (hoje) chamada "literatura de cordel". Aprendi a ler antes de ir para a escola. Meu contato com os folhetos, poemas e canções era diuturno. 
Não havia rádio (no início), TV, nem tão pouco se podia imaginar que um dia houvesse celular. Tive um pai que além de poeta e cantor, era autodidata. Há pouco tempo fiquei sabendo que foram seus avós que sendo catequistas naquela época remota, longínqua, davam aulas de escrita e leitura aos netos, em casa.
Ontem, mediante as dificuldades de alguns alunos que já estão no 5º ano sem saber ler nem escrever à altura, ouvi da mãe de um deles que o mesmo vive grudado no celular e dorme lá pelas tantas da madrugada. Disse também que o garoto deixa até de se alimentar para ficar jogando no aparelho. Pedi-lhe que tomasse providências a respeito, porque afinal a pessoa adulta e que deve ter responsabilidade por ele é ela própria, tendo em vista que o pai é ausente.
Lamentável, triste também ver crianças nessa fase, já no segundo semestre do 5º ano que sequer sabem assinar corretamente o próprio nome.

Os professores/educadores precisam também exigir deles e dos pais/responsáveis, visto que ainda são crianças...
Não há muito o que se esperar do futuro de muitas crianças e adolescentes em nosso país, cujos pais são analfabetos, descuidados ou 'irresponsáveis' e a escola... o sistema educacional brasileiro é muito pouco eficiente!
***************************************************************************************

Veja dados atualizados abaixo:
"O maior ranking mundial de educação foi divulgado nesta quarta-feira pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e trouxe países asiáticos no topo da lista. O primeiro lugar foi ocupado por Cingapura, seguido por Hong Kong— região administrativa especial da China— e pela Coreia do Sul. Entre os 76 países avaliados, o Brasil ficou na parte baixa da tabela, ocupando a 60ª posição, próximo de nações africanas. A última colocação do ranking ficou com Gana, na África".
"Assim, ser um profissional da Educação é ter o poder de ter nas mãos a chave para modificar uma sociedade que historicamente vem sendo marcada pela desigualdade, pelos problemas sociais, pelo descaso com a população. Transformar esse cenário em trajetória de luta por uma sociedade mais humana, mais fraterna, em que os homens possam se olhar nos olhos e estender as mãos, para que caminhem na mesma direção... esse é um desafio para poucos que conseguem se formar na arte de se tornar grandiosos EDUCADORES"...
“É bem melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfo e glória, mesmo expondo-se à derrota, a formar fila com os pobres de espírito, que nem gozam muito e nem sofre muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta que não conhece nem vitória nem derrota”. Theodore Roosevelt


Desempenho do País está entre os mais baixos, em ranking internacional que avaliou 76 países; melhor avaliado é Cingapura
EDUCACAO.ESTADAO.COM.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays