sexta-feira, 3 de julho de 2015

Vaso de barro



O Espírito de Deus irriga o deserto coração
Fecho meus olhos: sinto meu coração pulsar, em minhas veias o sangue fluir; ouço atento meu pensamento; examino meus desejos e sentimentos. Neste instante de reflexão arguo minhas atitudes, inspeciono meu ser interior, inspirado na maiêutica socrateana, a fim de descobrir a minha verdade e não a universal. Como posso conhecer o universo sem, ao menos, me descobrir? Conheço uma irmã de fé cujo carisma é interceder pelas pessoas, rezar pelas causas alheias. Cada vez que a vejo parece que ela ficou menor em estatura e mais magra, às vezes ela está sem voz. Na verdade ela tem se consumido! Percebo então que a frágil aparência oculta uma grande mulher, com um coração tomado pelo amor de Deus. Deus a fez crescer por dentro. Ela não se cansa de anunciar vida, esperança e alegria. “Ainda que eu conheça todos os mistérios e a ciência inteira, se não tenho amor, de nada me serve” (1Cor 13,2). "Senhor quebra a minha vida, e me faça de novo, eu quero ser um vaso novo!" (Jr 18,4).
James Assaf

Clique no link - 
Obrigada, amigo!
 

[ZP150621] O mundo visto de Roma

ZENIT

O mundo visto de Roma

Serviço semanal - 21 de Junho de 2015

ANGELUS E REGINA CAELI

PAPA FRANCISCO

IGREJA E RELIGIÃO

MUNDO

ANÁLISE

  • Que alguns usem o ativismo ambiental para promover suas próprias agendas econômicas, anti-humanitárias ou panteístas; isto não torna a luta pelo meio ambiente alguma coisa em si mesmo anticristã. Exatamente o contrário, nos diz o papa – isto torna ainda mais necessário devolver a esta luta sua verdadeira face humana.
  • Para certa mídia interessa denegrir a imagem dos parlamentares que lutam a favor da família

AUDIÊNCIA GERAL

ESPIRITUALIDADE E ORAÇÃO

  • Comentário sobre a liturgia do Pe. Antonio Rivero, L.C., Doutor em Teologia Espiritual, professor e diretor espiritual no seminário diocesano Maria Mater Ecclesiae de São Paulo (Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays