quinta-feira, 2 de abril de 2015

De Paulo Francisco... escrita que amo


Lêmures


Os fantasmas dormem sobre as páginas da vida
Símbolos borrados pelo negro de fumo
Descansa junto às folhas pardacentas
A gata malhada
A frase mal acabada
O redemoinho
Os fantasmas dormem sobre as páginas escritas
Palavras desenhadas pelos olhos do menino
Histórias contadas pelos dedos cansados
do  homem – velho
do velho  - menino.

Paulo Francisco
Varal de Cores

Um comentário:

Eles estão caçando gays