Ajudem a salvar meu marido!!!


Meu marido, Raif Badawi, foi sentenciado a dez anos de prisão e 1.000 chibatadas por manifestar sua opinião em um blog. Agora fiquei sabendo que ele pode ser executado –mas dentro de 48 horas, o ministro da Economia da Alemanha, Sigmar Gabriel, visitará a Arábia Saudita e um pedido maciço da parte de todos nós pode forçá-lo a negociar a libertação de Raif. Acrescente sua voz agora


ASSINE A PETIÇÃO

Caros membros da Avaaz,

Com as mãos e os pés algemados, rosto contorcido de dor, para que todos pudessem ver. É insuportável pensar queesta foi a forma como eles açoitaram meu marido publicamente mais de 50 vezes. Agora fiquei sabendo que ele pode ser executado – mas vocês podem me ajudar a salvá-lo!

Meu nome é Ensaf Haidar e Raif é meu marido. No ano passado, ele foi condenado a dez anos de prisão e 1.000 chicotadas por "insultar o Islã". Seu crime: manifestar opinião em um blog. Raif é um homem de paz e um pai amoroso. Eu e nossos três filhos sentimos saudades e tememos por sua vida.

A Alemanha pode nos ajudar a libertá-lo: dentro de 48 horas, Sigmar Gabriel, ministro da Economia do país, viajará à Arábia Saudita. Se ele usar sua influência para tomar uma posição em favor de Raif, pode estimular os líderes sauditas a reconsiderarem a pena.

Eu já pedi ajuda pessoalmente ao ministro Sigmar Gabriel. Porém, minha voz sozinha não é tão forte e é por isso que peço que vocês apoiem meu apelo, para que possamos vê-lo em liberdade, por meio de uma petição global pedindo que Raif seja solto. Juntem-se a mim agora e compartilhem a petição com todos seus conhecidos:


Há alguns anos, meu marido abriu um blog chamado "Free Saudi Liberals" (Sauditas Liberais e Livres). Raif queria escrever sobre política e religião, e abordar questões sociais e políticas. Mas ele foi acusado pelo sistema judiciário da Arábia Saudita de insultar o Islã – um acusação que acarreta punições severas. E a sentença de Raif não afeta apenas a ele: seu açoitamento público envia um sinal de advertência para qualquer um que queira expressar opiniões semelhantes.

Raif e eu nos conhecemos há 15 anos. Nos casamos dois anos mais tarde e logo depois eu já estava grávida de nosso primeiro filho. Quando meu marido começou a ter problemas com as autoridades, em 2008, pediu que nós fugíssemos do país: viajamos do Egito ao Líbano e chegamos finalmente ao Canadá, onde meus filhos e eu fomos concedidos asilo. Mas não podemos apenas sentar aqui e esperar: queremos Raif de volta!

Muitas pessoas em meu país querem uma reforma e a atenção internacional sobre o caso de Raif está aumentando. O ministro Sigmar Gabriel já disse que vai abordar direitos humanos durante sua visita. Adicione o seu nome ao meu pedido: nossas vozes juntas agora podem ajudar a libertar o meu marido.


Com profunda gratidão,

Ensaf e toda a equipe da Avaaz.

Mais informações:

Condenação de blogueiro a chibatadas será reavaliada na Arábia Saudita (BBC Brasil)

Raif Badawi corre risco de ser julgado novamente e condenado à morte (Anistia Internacional)

Família diz que blogger saudita pode ser condenado à morte (Público)

Blogueiro saudita Raif Badawi pode ser julgado novamente e decapitado, diz família (em inglês) (The Guardian)
http://www.theguardian.com/world/2015/mar/01/raif-badawi-could-be-retried-and-beheaded-family-ensaf-haidar-apostasy

Raif Badawi, blogueiro árabe-saudita sentenciado a 1.000 chicotadas, pode enfrentar pela de morte (em inglês) (The Independent)
http://www.independent.co.uk/news/world/middle-east/raif-badawi-the-saudi-arabian-blogger-sentenced-to-1000-lashes-may-now-get-the-death-penalty-10077877.html 

Comentários