sábado, 7 de fevereiro de 2015

Roseana... é uma delas...

Escritoras prediletas...

São várias as escritoras/poetisas que admiro e... nas quais busquei inspiração para minhas frases e versos, quando arrisquei meus primeiros passos na escrita.

Umas das primeiras foi esta importante escritora contemporânea:

Rosena Murray.

Sua forma de escrever com classe, exibindo beleza e simplicidade, aliada ao uso de imagens em seus versos ritmados ou não e sem "obrigatoriedade" de rimas, me incentivou a ensaiar alguns (mesmo sendo singelos) pequenos poemas.

Quando li pela primeira vez... "Paredes Vazadas", o primeiro Livro (da autora lido por mim), quase parei de respirar... rs Li o livro inteiro em apenas algumas horas e a partir daí, encantada com seu estilo, passei a "grafitar" pequenos textos. E, posteriormente quis mostrar para as pessoas, quando passei a publicar na internet, no final de setembro de 2011..

Abaixo uma poesia de sua autoria e sua biografia encontrada na net:

Amor/ Poesia Essencial - Roseana Murray

A felicidade pousa
Em minhas mãos
Rara borboleta que tivesse
Atravessado os séculos
E o vidro da sala
Para suntuosa
Me oferecer a sua prata
Deslizam os barcos 
Debaixo das pontes
Empurram o tempo:
Há uma ilha á espera
Os pequenos gestos
De todas as manhãs
Arrumar os lençóis 
E os restos da noite
Decifrar os sonhos
Trocar a água gasta
Das flores
Fazem a rotação da Terra
Nessa mesa simples
Arrumamos os pratos
O pão e o vinho
E o amor em pequenas taças
Transparentes
Cheias de silêncio...
******************

Biografia

Nasceu no Rio de Janeiro em 1950. Graduou-se em Literatura e Lingua Francesa em 1973 (Universidade de Nancy/ Aliança Francesa).

Publicou seu primeiro livro infantil em 1980 (Fardo de Carinho, ed. Murinho, R.J). Tem dois livros traduzidos no México (Casas, ed. Formato e Três Velhinhas tão velhinhas, ed. Miguilim/ Ibeppe) . Seus poemas estão em antologias na Espanha. Tem poemas traduzidos em seis linguas ( in Um Deus para 2000, Juan Arias, ed. Desclée e Maria, esta grande desconhecida, Juan Arias, ed. Maeva.).

Recebeu o Prêmio O Melhor de Poesia da FNLIJ nos anos 1986 (Fruta no Ponto, ed. FTD), 1994 (Tantos Medos e Outras Coragens, ed. FTD), 1997 (Receitas de Olhar, ed. FTD) e em 2013 Diário da Montanha (e. Manati).

Recebeu o Prêmio Associação Paulista de Críticos de Arte em 1990 para o livro Artes e Ofícios, ed. FTD, S.P.
Entrou para a Lista de Honra do I.B.B.Y em 1994 com o livro Tantos Medos e Outras Coragens tendo recebido seu diploma em Sevilha, Espanha.

Recebeu o Prêmio Academia Brasileira de Letras em 2002 para o livro Jardins ed. Manati, R.J como o melhor livro infantil do ano.

Participou ao longo destes anos de vários projetos de leitura. Implantou em Saquarema, em 2003, junto com a Secretaria Municipal de Educação, o Projeto Saquarema, Uma Onda de Leitura.

Foto: Escritoras prediletas...

São várias as escritoras/poetisas que admiro e que, nas quais busquei inspiração para minhas frases e versos, quando arrisquei meus primeiros passos na escrita.

Umas das primeiras foi esta importante escritora contemporânea 
Rosena Murray.

Sua forma de escrever com classe, exibindo beleza e simplicidade, aliada ao uso de imagens em seus versos ritmados ou não, mas sem "obrigatoriedade" de rimas, me incentivou a ensaiar alguns (mesmo sendo singelos) pequenos poemas.

"Quando li pela primeira vez... "Paredes Vazadas",  o primeiro Livro (da autora lido por mim), quase parei de respirar... Li-o em apenas algumas horas e a partir daí, encantada com seu estilo, passei a "grafitar" pequenos textos. E, posteriormente quis mostrar para as pessoas, quando passei a publicar na internet, no final de setembro de 2011..

Abaixo uma poesia de sua autoria e sua biografia encontrada na net:

Amor/ Poesia Essencial - Roseana Murray

A felicidade pousa
Em minhas mãos
Rara borboleta que tivesse
Atravessado os séculos
E o vidro da sala
Para suntuosa
Me oferecer a sua prata
Deslizam os barcos 
Debaixo das pontes
Empurram o tempo:
Há uma ilha á espera
Os pequenos gestos
De todas as manhãs
Arrumar os lençóis 
E os restos da noite
Decifrar os sonhos
Trocar a água gasta
Das flores
Fazem a rotação da Terra
Nessa mesa simples
Arrumamos os pratos
O pão e o vinho
E o amor em pequenas taças
Transparentes
Cheias de silêncio...
******************

Biografia

Nasceu no Rio de Janeiro em 1950. Graduou-se em Literatura e Lingua Francesa em 1973 (Universidade de Nancy/ Aliança Francesa).

Publicou seu primeiro livro infantil em 1980 (Fardo de Carinho, ed. Murinho, R.J). Tem dois livros traduzidos no México (Casas, ed. Formato e Três Velhinhas tão velhinhas, ed. Miguilim/ Ibeppe) . Seus poemas estão em antologias na Espanha. Tem poemas traduzidos em seis linguas ( in Um Deus para 2000, Juan Arias, ed. Desclée e Maria, esta grande desconhecida, Juan Arias, ed. Maeva.).

Recebeu o Prêmio O Melhor de Poesia da FNLIJ nos anos 1986 (Fruta no Ponto, ed. FTD), 1994 (Tantos Medos e Outras Coragens, ed. FTD), 1997 (Receitas de Olhar, ed. FTD) e em 2013 Diário da Montanha (e. Manati).

Recebeu o Prêmio Associação Paulista de Críticos de Arte em 1990 para o livro Artes e Ofícios, ed. FTD, S.P.
Entrou para a Lista de Honra do I.B.B.Y em 1994 com o livro Tantos Medos e Outras Coragens tendo recebido seu diploma em Sevilha, Espanha.

Recebeu o Prêmio Academia Brasileira de Letras em 2002 para o livro Jardins ed. Manati, R.J como o melhor livro infantil do ano.

Participou ao longo destes anos de vários projetos de leitura. Implantou em Saquarema, em 2003, junto com a Secretaria Municipal de Educação, o Projeto Saquarema, Uma Onda de Leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays