terça-feira, 14 de outubro de 2014

Obrigada, Fernando Freire!!



Tucanos querem acabar com os bancos públicos
 
Armínio Fraga, o ministro da Fazenda que Aécio Neves nomearia se fosse eleito, quer destruir os bancos públicos. Ouça emhttps://soundcloud.com/jair-silva-31/arminio-fraga trecho de palestra que ele proferiu no Instituto Liberal, no ano passado.
 
Ex-presidente do Banco Central no governo FHC, sócio da Gávea Investimentos, hoje propriedade de uma subsidiária do JP Morgan, e ex-assessor do megaespeculador George Soros, Armínio cita nominalmente o BB, Caixa e BNDES para dizer que estão grandes demais, devem ser reduzidos e que, no final, não sabe o que deve sobrar deles.
 
O Brasil sabe, senador Aécio. Sem o aumento das operações de crédito do BB, o Brasil não teria saído da crise de 2008 muito mais rápido que qualquer país do mundo. Sem o financiamento da Caixa, o Brasil não estaria fazendo o maior programa de construção de moradia de toda a História. Sem os financiamentos do BNDES, o Brasil não estaria modernizando suas estradas, portos, aeroportos, retomando a construção de ferrovias, obras de metrô e corredores de ônibus, usinas hidrelétricas e eólicas, dentre tantas outras coisas.
 
Os funcionários dos bancos públicos sabem também que a intenção do senador Aécio e de Armínio, seu principal assessor econômico, é ressuscitar a política de FHC: demissão de dezenas de milhares de trabalhadores, arrocho salarial, corte de direitos e desprezo total pelos funcionários.
 
Esse filme já assistimos. Vamos ver de novo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays