quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Em nome da Avaaz



   Caros amigos, 




Junte-se a equipe de heróis na linha de frente do combate ao Ebola clicando abaixo: 

R$5    R$10    R$20    R$40   R$80
Se comprometa com outra quantia 


Nas últimas duas semanas, milhares de corajosos membros da Avaaz se voluntariaram para viajar até a África Ocidental e ajudar a conter o vírus mortal do Ebola. É um ato de heroísmo e uma prova da interdependência que todos nós sentimos como parte desta comunidade global.

Mas nem todos nós podemos viajar para a África ou temos as habilidades necessárias para ajudar. Portanto, a Avaaz perguntou a uma das organizações na linha de frente o que o restante da nossa comunidade de 39 milhões de pessoas poderia fazer para ajudar os profissionais de saúde no local a salvar vidas e conter a expansão da doença. A resposta foi tão simples, concreta e trágica que quase me fez chorar: fornecer materiais de saneamento - luvas, sabão, cloro; kits de Equipamento de Proteção Individual (EPI), ambulâncias, camas, equipamentos e suprimentos para os Centros de Tratamento de Ebola.

É praticamente um crime que a comunidade internacional ainda não tenha conseguido fornecer essas coisas básicas para os necessitados. Mas nós podemos! Kits de EPI custam R$690, e como parte desses kits são descartados depois do uso, o pessoal de saúde usa mais de 15 mil kits de EPI por mês. Com R$120 mil poderíamos comprar, fornecer e equipar uma ambulância.

Então, basicamente, se 50 mil membros da Avaaz doarem R$50 cada, poderíamos comprar 10 ambulâncias e 2.000 vestimentas de proteção. As organizações que atuam na área de crise provavelmente podem distribuir os equipamentos rapidamente para os médicos e enfermeiros locais e internacionais que se encontram na região, e os incríveis voluntários da nossa comunidade poderiam chegar na África em tempo, antes que seja tarde de mais para conter o vírus do Ebola.

Clique abaixo para se comprometer com uma doação para conter o Ebola. As doações não serão processadas ​​até que consigamos o suficiente para fazer a diferença: 




Esta é a realidade: sistemas de saúde inteiros entraram em colapso devido à crise. Profissionais de saúde locais morreram tentando tratar pacientes sem o equipamento certo e a resposta internacional tem sido inadequada. Algumas das nações mais ricas do mundo comprometeram-se com menos médicos do que o número de voluntários da Avaaz. Neste momento, a ONU prevê 10 mil novos casos de Ebola por semana, mas há apenas 4.300 leitos garantidos para tratá-los!

Os governos estão lentamente começando a se mobilizar, graças à intensa repercussão sobre a crise, mas a maioria não está respondendo rápido o suficiente. A verdade assustadora é que a ONU diz que só temos algumas semanas para conter o Ebola ou então milhões de pessoas poderão estar em perigo. É por isso que esse comprometimento é tão importante. Se todos nós doarmos agora, a Avaaz poderá fornecer os recursos que conseguirmos para as organizações na linha de frente em apenas algumas horas, assim que atingirmos a meta.

Aqui está uma lista do que poderíamos ajudar a comprar:

  • R$5 poderiam comprar sabão para prevenir infecções.
  • R$72 poderiam treinar um professor a explicar a prevenção do Ebola para as crianças, para que elas aprendam como evitar a doença.
  • R$690 poderiam pagar por um kit de equipamentos de proteção individual completo para permitir que os profissionais de saúde na linha de frente cuidem com segurança das pessoas com Ebola.
  • R$120.000 poderiam comprar, fornecer e equipar uma ambulância.
  • R$300.000 poderiam fornecer o equipamento e materiais para criar um centro de tratamento de 50 leitos.

A Avaaz está trabalhando com várias organizações humanitárias e consultando os governos da Libéria e Serra Leoa. Juntos, podemos apoiar aqueles que estão na batalha contra o Ebola. Participe clicando abaixo. As doações só serão recolhidas se conseguirmos o suficiente para fazer a diferença:

           

Para se comprometer com outra quantia, clique aqui.

Nossa resposta a esta doença mortal agora pode não apenas salvar vidas, mas definir o que somos. Uma comunidade global que acredita e age motivada pelos elos que a unem, como um só povo. Os voluntários da Avaaz são heróis e nos mostraram que vale a pena arriscar nossas vidas. Vamos apoiar esse exemplo bonito de humanidade onde quer que estejamos por meio das nossas doações e antes que seja tarde demais.

Com gratidão por tudo que já construímos juntos,

Alice, Mia, Ricken, Emma, Patricia, Ari, Emily e toda a equipe da Avaaz


Mais informações: 

Epidemia de ebola pode contaminar até 1,4 milhão de pessoas na África até janeiro, diz CDC (O Globo)
http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/epidemia-de-ebola-pode-contaminar-ate-14-milhao-de-pessoas-na-africa-ate-janeiro-diz-cdc-14021920#ixzz3H4sNfrAI  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays