quinta-feira, 9 de outubro de 2014

ÁUDIO: ex-diretor da Petrobras...

... diz que propina abastecia PT, PMDB e PP


Paulo Roberto Costa afirmou que partidos recebiam valores de contratos.
PT desmente declarações 'caluniosas'; PP e PMDB não se manifestaram.



O ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso em regime domiciliar no Rio, afirmou na quarta-feira (8), em depoimento à Justiça Federal do Paraná, que parte da propina cobrada de fornecedores da estatal era direcionada para atender a PT, PMDB e PP e foi usada na campanha eleitoral de 2010.
G1 obteve o áudio no qual Costa diz ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo processo da Lava Jato na primeira instância, que as diretorias comandadas pelos três partidos recolhiam propinas de 3% de todos os contratos. O ex-dirigente explicou como funcionava a divisão da propina entre as legendas partidárias.
http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2014/10/ex-diretor-diz-que-parte-de-propina-cobrada-na-petrobras-atendia-ao-pt.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays