segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Pesquisa mostra percepção de crianças sobre a política brasileira


Por que existe tanta pobreza no país e tantas pessoas sem moradia? Por que você não melhora o país? Por que você fala que vai fazer e não faz nada? Por que nada muda nunca?

Essas e outras perguntas surgiram durante o último Conicktados, painel realizado com 120 crianças de 7 a 12 anos de São Paulo e do Rio pela Viacom Brasil (programadora do canal Nickelodeon, entre outros) e pelo Instituto QualiBest, que em agosto tratou sobre as percepções delas com relação à política.

O estudo inédito, ao qual a Folha teve acesso com exclusividade, traz dados curiosos, como os políticos mais conhecidos pelos pequenos. Pela ordem, são eles: Dilma (98%), Lula (79%), Haddad (58%), Alckmin (54%), Marina (49%) e Aécio (33%).

Já os partidos mais lembrados são PT (87%), PSDB (68%), PMDB (62%) e PDT (51%).

O estudo também mostrou que as escolas abrem pouco espaço para o tema, ficando primordialmente com os pais a responsabilidade de fazer o assunto chegar aos filhos.

Mesmo assim, cerca de metade das crianças diz que os pais não falam diretamente com elas sobre política. No entanto, escutam quando eles estão conversando entre si ou comentando o assunto em situações informais.

A maioria acredita (59%) que não influencia no voto de seus pais, mas 60% afirmaram que gostariam de dar sua opinião.
CONHECIMENTO

Com relação ao nível de conhecimento, o estudo apontou que 98% dos participantes sabem que Dilma é a presidente, 86% sabem qual é o regime de governo do país e 67% sabem que o Brasil já passou por uma ditadura, compreendida como algo ruim.

Além disso, 87% entendem que o voto é secreto e 64% disseram ser contra o voto obrigatório.

Mais da metade dos entrevistados disse ainda sentir-se negativamente impactado quando o assunto é política.

Entre as palavras que expressam como as crianças se sentem com relação ao tema estão "irritada", "triste", "chateada", "chocada", "repugnada" e "indiferente".

Além disso, cerca de dois terços dos participantes acredita que um candidato não vai cumprir o que prometeu após ser eleito. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays