O fogo do desejo... por james Assaf

A principal das potências da alma, que inclina ou move a querer, a fazer ou não alguma coisa, chama-se vontade. Quando ela é forte passa a ser Paixão, como um incêndio na floresta, basta uma fagulha para que o fogo se inflame e com o vento se espalhe a consumi-la vorazmente. Como separar o desejo da alma? Impossível, pois o que seria da pessoa se não houvesse algo a movê-la? A razão é reguladora da paixão através do Senso ou Juízo, capacidade que raciocina e julga o desejo. Muitas são as fagulhas que estão espalhadas ao redor da floresta, o perigo do incêndio é constante. As propagandas consumistas, por exemplo, extrapolam e tentam vender, desde um condimento até o sexo, tudo em nome do prazer. “faça tudo, use tudo, pratique tudo em nome da felicidade. Quando então a razão se vê dominada, se perde: os valores se invertem se corrompem e a alegria logo vira cinza e desaparece. “Portanto todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam” (1 Coríntios 10:23). Não podemos afastar de nós o desejo, porém o coração não pode ser escravizado por ele. Esta é a verdadeira liberdade!

JamesAssaf

Clique no link 

Comentários