quarta-feira, 9 de julho de 2014

Assim assim/ZENIT

 “... Caminhando entre as coisas que passam abraçar as que não passam”.

 Assim, assim


Não basta, por exemplo, uma casa chique, é preciso que haja vida em seu interior, movimento. Sentir o aroma do café espalhado pelos seus cômodos, ouvir o barulho das crianças pela casa, viver com disposição e asseios e anseios. Assim também nosso coração que não deve apanhar, mas bater cheio de esperança. Entretanto, quando uma situação nos é favorável, é comum agarrar- nos a ela, como se fosse uma situação definitiva. Acomodados, esquecemos de olhar o entorno e participar da vida que se realiza, porque na mesquinhez que levamos a nossa, nos tornamos indiferentes, alheios aos acontecimentos, inclusive dentro de casa. “Em meio a uma sociedade depravada e maliciosa, devemos brilhar como luzeiros no mundo” (Fl 2,15). Não nos basta viver, temos que participar da vida como agentes da paz e da  alegria. Não devemos levar nossa vida “mais ou menos” e depois cair no eterno esquecimento.Devemos viver como cidadãos do céu já, aqui e agora. Afinal, somos campeões desde o nascer, a nós foi confiada a missão de ser sal para uma terra cada vez mais sem sabor e luzeiros para um mundo sombrio e egoísta.
JamesAssaf

Clique no link (Crônica)
[ZP140707] O mundo visto de Roma

ZENIT

O mundo visto de Roma

Serviço semanal - 07 de Julho de 2014

Pensamento do dia, segunda-feira, 07 de Julho

"A glória dos justos está em sua consciência, não na boca dos outros" 
(Tomás de Kempis, 1380 - 1471)

Obrigada, querido Jamesassaf, por me enviar textos maravilhosos e enriquecedores espiritualmente!
Abraços cordiais!!

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Eles estão caçando gays