sexta-feira, 23 de maio de 2014

Greve afeta os municípios de Osasco, Diadema, São Bernardo do Campo, Carapicuíba, Santana do Parnaíba, Barueri, Itapevi, Jandira, Cotia e Pirapora do Bom Jesus

     Grevistas impedem a saída de ônibus em Osasco (Grande SP)


Parte dos ônibus de dez cidades da Grande São Paulo não saíram às ruas na manhã desta sexta-feira (23). Motoristas e cobradores pedem reajustes salariais. 
A greve de motoristas e cobradores afeta os municípios de Osasco, Diadema, São Bernardo do Campo, Osasco, Carapicuíba, Santana do Parnaíba, Barueri, Itapevi, Jandira, Cotia e Pirapora do Bom Jesus. 
Câmeras nas principais avenidas: Veja como está o trânsito em São Paulo
Em Osasco, a zona sul do município é a mais prejudicada com a paralisação dos trabalhadores da Viação Osasco. De acordo com a Companhia Municipal de Transportes apenas 30 dos 177 ônibus da frota estão circulando.
Além da Viação Osasco, o movimento grevista atinge a empresa Urubupungá, que tem 170 ônibus para atender aos moradores da zona norte. A situação nessa região da cidade é um pouco melhor, pois mais da metade da frota (60%) está nas ruas.
Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays