quinta-feira, 16 de março de 2017

Policiais lotam Assembleia em audiência pública para debater fim do risco de vida, reajuste-fantasma e MP do Mal



PMs inativos alertam o pessoal da ativa
Os policiais militares, especialmente inativos, lotaram, no final da tarde desta quarta (dia 15), as galerias da Assembleia, durante audiência pública, para discutir o fim do risco de vida, determinado pelo governador Ricardo Coutinho logo que assumiu em 2011, e também as perdas salariais ao longo dos últimos sete anos.
Segundo o depoimento de policiais inativos, durante a gestão Ricardo Coutinho, todos aqueles que foram reformados sofreram uma perda de 40% nos vencimentos: “Total falta de respeito com aqueles que dedicaram suas vidas ao trabalho de proteger vidas e hoje estão encostados pelo Governo, tratados como descartáveis, sem valor.”
Foram debatidos ainda temas como o baixo efetivo da Polícia Militar, a MP do Mal, que congelou promoções e melhorias salariais, também o recente “reajuste-fantasma” que, segundo a categoria, nada mais foi do que a incorporação de uma gratificação, sem um aumento real nos vencimentos.
www.heldermoura.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays