Perplexidade... nas fotos de Tuca Vieira


















Combater a disparidade e a desigualdade entre os mais ricos e os mais pobres, entre homens e mulheres, entre raças e etnias, é a maior urgência do nosso tempo. A Oxfam Brasil inaugura sua atuação no país com o compromisso de participar da resposta a esse desafio que desfigura, muitas vezes, a paisagem humana, negligenciada e confundida por um universo frio de números e letras.
As imagens de Tuca Vieira aqui apresentadas abrem possibilidades para que possamos pensar e sentir alguns elementos da desigualdade no país. As fotografias dessa exposição foram realizadas nos últimos 10 anos em diversas regiões do Brasil.
Tuca Vieira dedica-se à fotografia há 25 anos, tendo atuado sobretudo na área de fotojornalismo. Dentro de sua diversa produção, temas sociais e urbanos claramente se destacam. Tuca cobriu manifestações nas grandes cidades, disputa por terras indígenas, conflitos no campo, urbanização descontrolada, entre outros temas que ilustram tão bem as desigualdades do Brasil. É de sua autoria, por exemplo, uma das mais emblemáticas fotografias do Brasil contemporâneo – Paraisópolis, 2005 – que retrata a divisa da favela paulistana com o bairro do Morumbi.
O olhar de Tuca registrado nas fotos se encontra aqui com o esforço de uma Confederação de 20 organizações não governamentais chamadas Oxfam, que atuam em 94 países. Agora, o combate contra a pobreza e a desigualdade ganha uma nova voz no Brasil, que vem se juntar ao trabalho de outras organizações sociais brasileiras.
A exposição também é uma oportunidade para agradecer o esforço conjunto de organizações da sociedade civil, movimentos sociais, governos, empresas em todo o mundo que acreditam, como nós, que todas as pessoas têm o direito de desenvolver seu potencial, de viver fora da pobreza e em um mundo menos desigual.
Que rufem os tambores; o Brasil agora tem uma Oxfam brasileira! Tikidum! tikidum! tikidum!

http://www.oxfam.org.br/perplexidade/fotos.html

Comentários