Imagens mostram cunhado de Ana Hickmann com arma após disparos




Gustavo Correa chega à recepção do hotel conversando ao telefone.
Logo depois, um segurança do local aparece e recolhe o revólver.






A Polícia Civil divulgou, nesta segunda-feira (23), imagens do circuito de câmeras de segurança do hotel onde Ana Hickmann foi ameaçada por um fã, que acabou morto, em Belo Horizonte, no fim de semana. O cunhado da apresentadora é suspeito de atirar e aparece na gravação segurando a arma. A polícia investiga o caso como legítima defesa.
O fã Rodrigo Augusto de Pádua, que é de Juiz de Fora, na Zona da Mata, estava hospedado no mesmo hotel que a apresentadora. Segundo o boletim de ocorrência, ele rendeu Gustavo Correa – que é irmão do marido de Ana Hickmann, Alexandre Correa –  e o obrigou a ir até o quarto de Ana, onde também estava a mulher dele, a assessora para moda Giovana Oliveira. Antes de ser atingido, o fã disparou e acertou Giovana, que segue hospiltalizada.
As imagens mostram a apresentadora chegando ao hotel, no bairro Belvedere, na Região Centro-Sul da cidade, às 11h41 deste sábado (21). Ela aguarda na fila enquanto conversa ao telefone. Em seguida, acompanhada de Giovana, faz o check-in na recepção e sobe para o quarto.
Ás 14h12, as imagens mostram o cunhado de Ana Hickmann, Gustavo Correa, chegando à recepção do hotel com a arma na mão. A todo momento, ele conversa ao telefone. Depois, um segurança aparece e recolhe o revólver.
Gustavo Correa teria atirado no fã Rodrigo Augusto de Pádua durante um desentendimento e luta corporal. Rodrigo de Pádua foi enterrado na manhã desta segunda-feira (23) no Cemitério Municipal de Juiz de Fora.
Em uma rede social, Gustavo classificou o ocorrido como uma aberração. Já Alexandre, usando também a internet, chamou o irmão de herói.
A apresentadora declarou, por meio de nota divulgada por sua assessoria neste domingo (22), que está "profundamente abalada e triste" com o episódio que terminou com um fã morto em Belo Horizonte.
 “Nunca pensei que isso poderia acontecer! Nunca pensei que o ser humano fosse capaz disso! Foi terrível! Estou profundamente abalada e triste! Só peço que todos rezem por minha cunhada para que ela se recupere logo", afirmou.(Leia a nota na íntegra ao final da reportagem)


Investigação policial
O delegado de Homicídios Flávio Grossi disse que a família de Rodrigo Augusto de Pádua sabia do fascínio do jovem pela modelo. Ana Hickmann e o cunhado prestaram depoimento na noite deste sábado, na Delegacia de Homicídios de Belo Horizonte. Segundo o delegado, Rodrigo foi morto com três tiros,  na nuca e um no braço. A arma, um revólver calibre 38, estava com a numeração raspada.

Fã de Ana Hickmann invade, armado, hotel onde estava a apresentadora e acaba morto em briga, em Belo Horizonte (Foto: Reprodução/Instagram)Fã de Ana Hickmann invade, armado, hotel onde estava a apresentadora e acaba morto em briga, em Belo Horizonte (Foto: Reprodução/Instagram)



O delegado contou a mesma versão apresentada no boletim de ocorrência da Polícia Militar. Após render Gustavo, Rodrigo obrigou o empresário, Ana e Giovana a ficarem de costas. Gustavo resistiu. O fã, então, disparou a arma, atingido dois tiros em Giovana, um no ombro e outro na barriga.


De acordo com o advogado da família de Ana Hickmann, Maurício Benfica, a apresentadora e o marido estão em São Paulo. Gustavo permaneceu em Belo Horizonte durante parte do domingo para acompanhar a mulher. Ele viajou para São Paulo nesta tarde e retornar à capital mineira nesta segunda-feira (23).
Ainda segundo Benfica, Giovana passou por uma cirurgia e está se recuperando. Ainda será avaliado a necessidade de outra operação, conforme o advogado. Neste domingo, a assessoria do hospital Biocor informou que Giovana foi submetida a uma cirurgia de emergência para tratamento de lesões intestinais e vasculares. Ainda de acordo com a unidade de saúde, ela se encontra em tratamento intensivo. “Está lúcida, acordada, consciente e com os sinais vitais estáveis, apesar de ainda sob riscos e inspirando cuidados. Respira sem ajuda de aparelhos”, diz a nota do hospital.
Nesta segunda-feira (23), até a publicação desta reportagem, o hospital não havia divulgado um novo boletim sobre o estado de saúde de Giovana Oliveira, cunhada de Ana Hickmann.
"Neste sábado, 21/05, a apresentadora Ana Hickmann, foi vítima de um atentado no hotel em que estava hospedada em Belo Horizonte.
Um homem armado invadiu o quarto em que ela estava e efetuou disparos, que atingiram a cunhada de Ana, Giovana Oliveira, que foi socorrida e levada ao hospital. Ana não foi atingida.
Ana Hickmann já está em sua residência em São Paulo e se recupera deste fatídico dia.
"Nunca pensei que isso poderia acontecer! Nunca pensei que o ser humano fosse capaz disso! Foi terrível! Estou profundamente abalada e triste! Só peço que todos rezem por minha cunhada para que ela se recupere logo" Ana Hickmann
Fabiana Kaminski

Assessora Ana Hickmann"
G1 MG
tópicos:

Comentários