sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Dentro de um botão de rosa (poesia para 'abrir' as postagens dessa noite, e acolher carinhosamente sua visita!)



Apenas uma 'flor'

Uma flor, apenas, única, semelhante aquela de "O Pequeno Príncipe"...
Uma flor... nela cabem (guardados, preservados) momentos, sonhos e pessoas inesquecíveis! 




Ainda no dia fatigado
pelas esperas e inconstâncias
da vida,
Junto a minha janela encontro
um verso, de olhar monótono,
cabisbaixo, às vezes, disperso,
Mas não deixa de ser...
Inspiração
o verso que preciso;
ponto de partida
para o poema
que, para ti quero escrever.
O sol se pôs, a lua não apareceu.
Sem alternativa...
Guardei (secretamente) dentro de um botão de rosa
a poesia que sobrou de nós dois!
********************************
*******************

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays