Ricken Patel - Avaaz

Caros amigos, 



Esta é a melhor ideia do mundo. 

Sabia que a Amazônia, muitas vezes chamada de "pulmão do mundo", fornece 20% do oxigênio do planeta, abriga 10% da biodiversidade global e, além de ser nossa melhor defesa contra as mudanças climáticas, é o lar de muitos povos indígenas nativos? 

Mas, mesmo assim, a floresta está sendo devastada a uma taxa de mais de 16 campos de futebol no tempo que se leva para ler este e-mail. Estou falando sério. 

Como parar um desastre como esses? Bom, a ideia é a seguinte: formar a primeira reserva ecológica transnacional do mundo, ou seja, um gigante parque florestal totalmente protegido! Essa ideia já tem o apoio de um milhão de membros da Avaaz, que assinaram a petição, e até do governo da Colômbia, que faz parte da Amazônia. Agora, só precisamos convencer o Brasil. No momento, a popularidade da presidenta Dilma Rousseff está no ralo e ela precisa de algo para agradar o povo. Os brasileiros amam a Amazônia. E, de acordo com contatos da Avaaz, isso leva a crer que as chances dessa ideia ter apoio popular e se tornar realidade são altas! 

A reserva teria o dobro do tamanho da França. Parece sonho, mas falta bem pouco para se concretizar -- e seria uma das melhores coisas que já fizemos! Entretanto, assim que a vitória estiver a nosso alcance, as indústrias da pecuária e mineração baterão de frente, usando seus recursos milionários para nos calar. Precisamos fazer barulho e conduzir uma campanha publicitária impecável para convencer a presidenta Dilma a apoiar nosso projeto. Temos que agir agora. Se 50 mil pessoas doarem um valor equivalente a um refrigerante, café ou a uma refeição nas próximas 24 horas, nós conseguiremos arrecadar o suficiente. 

Faça uma doação para ajudar a transformar a Amazônia na maior área florestal protegida do mundo


A comunidade da Avaaz no Brasil tem 7 milhões de membros e já estamos trabalhando junto com líderes indígenas neste projeto. Não há ninguém mais bem posicionado do que a comunidade da Avaaz para conduzir uma campanha popular como essa. Mas para garantir que os poderosos ouçam nossas vozes em alto e bom som, silenciando os lobistas, precisamos de fundos para aumentar o volume das nossas vozes usando táticas como: 
  • Propagandas e anúncios publicitários, com apelos emocionantes feito por artistas famosos.
  • Visitas de líderes indígenas para promover o projeto e encontrar os principais políticos em Brasília e outros locais.
  • Levar os veículos de imprensa nacionais e internacionais para a Amazônia, a fim de divulgar a reserva ecológica e aumentar a pressão da mídia para aprovarmos este projeto.
  • Ações e manifestações para engajar mais pessoas e dar o tom da mobilização.
  • Apelos pessoais direcionados à Dilma da parte de autores e artistas que ela admira.
  • Uma equipe para acompanhar o processo no Palácio do Planalto e responder rapidamente a cada reviravolta.
Restam apenas três grandes florestas milenares no planeta, a mais importante delas no Brasil. Precisamos da Amazônia para sobreviver, tanto quanto os povos indígenas que vivem lá. Parece bom demais para ser verdade, mas falta pouco para a decisão que pode vir a ser um divisor de águas histórico na longa luta para salvar a Amazônia. 

Nossa comunidade desempenhou um papel fundamental na conquista de grandes batalhas parecidas como esta, dentre as quais garantindo a lei da Ficha Limpa. Agora, vamos lutar junto com os povos indígenas da Amazônia e transformar essa floresta ancestral em um tesouro de todos, na maior reserva ecológica do mundo


Nossa comunidade se preza pela capacidade de olhar para os maiores desafios que o mundo enfrenta e encará-los de frente, com soluções muito poderosas. Enquanto os outros reclamam e entram em desespero, nós entendemos o que precisa ser feito e entramos em ação. Este é um caso clássico: se ajudarmos a torná-la realidade, esta reserva ecológica será uma das maiores conquistas populares de todos os tempos. Sinto tremenda gratidão por todas as pessoas desse movimento, pessoas estas que se importam e se comprometem com o futuro da Amazônia. 

Com esperança, entusiasmo e gratidão, 

Ricken, Alex, Alaphia, Laila, Nataliya, Alice, Emma e toda a equipe da Avaaz 


FONTES: 

Maiores vítimas do desmatamento da Amazônia são as espécies raras (Revista Época)

ONG registra aumento em taxas de desmatamento na Amazônia (Folha de S. Paulo)

Indígenas denunciam na ONU a falta de políticas públicas voltadas às terras e ao meio ambiente (UOL)

Plano envolvendo Brasil, Colômbia Venezuela propõe novo corredor ecológico (The Brics Post) (em inglês)

"Pulmão do mundo" perdeu um décimo de suas árvores em 5 décadas (International Business Times) (em inglês)http://www.ibtimes.co.uk/amazon-rainforest-lungs-world-has-lost-10th-its-trees-5-decades-1497696 

Comentários