quarta-feira, 8 de abril de 2015

BEBÊ MORRE NA UPA DE GUARABIRA E AVÓS CULPAM EQUIPE MÉDICA

UPA de Guarabira
Uma criança de 3 meses de vida, morreu, por volta da 1h da madrugada desta quarta-feira (8), após algumas horas internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade de Guarabira. A criança deu entrada na referida unidade por volta das 17:30h desta terça-feira (7) com um quadro de pneumonia. Os procedimentos médicos foram feitos mais devido a gravidade do quadro de saúde da criança ela faleceu.
bbA afirmação foi feita pela Dra Uane Albuquerque responsável pela equipe médica da UPA. Ela se pronunciou a imprensa e relatou todos os procedimentos que foram realizados na paciente desde a hora de sua internação.
Os familiares da menor também se pronunciaram e culpam a médica Mariane Agne pelo falecimento da criança. Lourdes e Carlos, avós da criança ao serem informados pela médica de que a neta deles havia falecido, entraram em desespero.
A Dra Uane disse que os parentes da criança fizeram ameaças de morte a médica, que teve que ser escoltada pela policia para sair da UPA em segurança.
Portalmidia.net


Nem sempre casos como esse deve ser atribuída (a culpa) ao profissional (médico) que prestou o atendimento. Outros fatores merecem ser considerados, como por exemplo: o tempo que às vezes (por falta de informação ou outros motivos)... a família demora para procurar ajuda médica. A precariedade na qualidade dos serviços, pela falta de recursos materiais, também contribui e muito para que as pessoas não sejam atendidas com "dignidade" e até percam a vida, quando não deveriam.
******************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays