Réveillon no Rio é marcado por homenagens e incêndio em balsa

Fogo em embarcação na praia do Leme foi controlado em 15 minutos.
Espetáculo em Copacabana celebrou os 450 anos do Rio de Janeiro.

Cerca de 2 milhões de pessoas participaram das festividades do Ano Novo 2015 no Rio de Janeiro. A comemoração foi marcada por homenagens aos 450 anos da cidade e do papa Francisco aos cariocas, além de incidentes pontuais que não ofuscaram o tradicional espetáculo da queima de fogos.
O show na praia de Copacabana durou pouco mais de 16 minutos, com a explosão de 24 toneladas de fogos de artifício distribuídas em 11 balsas. Em tributo ao aniversário do Rio de Janeiro, o termo "Rio 450" foi iluminado nas balsas 5 e 6, durante os segundos 4 e 2 da contagem regressiva para a virada do ano. Veja as imagens.
Incidente

Na praia do Leme, a quarta balsa pegou fogo durante o espetáculo, mas o incêndio, que durou 15 minutos, foi rapidamente controlado. O secretário de Turismo, Antônio Pedro Figueiredo, informou em entrevista coletiva que havia funcionários da empresa responsável pelo show de pirotecnia dentro da balsa, mas, segundo ele, ninguém ficou ferido. Anteriormente, a assessoria de imprensa do evento havia informado que não havia pessoas na balsa.

Balsa pegando fogo no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/TV Globo)
Balsa pegando fogo no Rio de Janeiro
(Foto: Reprodução/TV Globo)

"A célula de segurança (contêiner) que fica dentro da balsa abrigou os funcionários como deve ser. Você tem o operador de fogos que fica dentro da célula de segurança. O esquema de segurança funcionou a contento", disse Figueiredo.
De acordo com a assessoria do evento, o incêndio começou por volta do décimo minuto da queima de fogos. Os funcionários ficaram dentro do contêiner até que o fogo fosse controlado e a balsa foi rebocada por uma lancha da Capitania dos Portos.
Após a queima de fogos, o cantor Seu Jorge e o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Tijuca conduziram a festa no palco principal da Praia de Copacabana. Mais cedo, às 22h20, a banda Titãs subiu ao palco.
Por volta das 21h, o grupo Detonautas tocou uma versão da música Killing in the Name, do Rage Against The Machine. A atriz Cissa Guimarães apresenta as atrações do Palco Principal.
Pouco antes da virada do ano, o público reunido em Copacabana assistiu a um vídeo de pouco mais de 7 minutos produzido pelo Vaticano, no qual o Papa Francisco declarou seu amor ao Rio de Janeiro. Exibido simultaneamente em todos os telões pela praia, o vídeo mostra o papa lendo uma mensagem especial para o povo brasileiro e os cariocas, a quem ele classificou de "povo corajoso e alegre que nunca se deixou abater pelas dificuldades".
Ocorrências

Até a meia-noite do dia 1º de janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde havia atendido 382 pacientes nos cinco postos médicos montados na orla de Copacabana para a festa de Réveillon, tendo como maior parte dos atendimentos excesso de bebidas alcoólicas, cortes, dor de cabeça, mal estar e crianças com sintomas de insolação. No total, 13 pessoas foram removidas para hospitais.

Queima de fogos ilumina a praia de Copacabana com a chegada de 2015. (Foto: Alexandre Durão/G1)
Queima de fogos ilumina a praia de
Copacabana com a chegada de 2015.
(Foto: Alexandre Durão/G1)

O secretário de turismo do Rio, Antonio Pedro Figueiredo, confirmou que houve casos de arrastão em pontos isolados da orla de Copacabana.
"Essa questão da segurança é sempre com a Polícia Militar. Estamos com um efetivo maior esse ano. Ouvi falar que em alguns pontos houve problemas. Mas nenhum problema maior", informou o secretário.
Policiais Militares prenderam em flagrante um homem que roubava celulares e documentos nas areias da Praia de Copacabana. Ele afirmou se chamar Flavio, mas não forneceu o sobrenome aos PMs. Ele foi levado pelos agentes para a 16ª DP (Barra da Tijuca).
Por volta de 19h, aconteceu uma briga em um grupo de cerca de 20 pessoas reunidas debaixo de um toldo na parte de trás do palco principal do evento, em frente ao Copacabana Palace. Uma mulher passou mal e foi socorrida pelos Bombeiros. Depois da confusão, eles juntaram seus pertences e se prepararam para ir embora.
G1.com

Comentários