sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Tempo da Ingratidão


"Sou leão ingratidão batestes na porta errada"



Depois de algum tempo a ingratidão veio bater em minha porta. Atendi e perplexo escutei sua língua desenfreada a falar sem parar, não queria mais participar das regras de uma cobertura e quatro paredes, os alicerces balançaram e juntamente o meu coração. 

Donde provém as tristezas e mágoas?... Não somente das palavras referidas sem o zelo adequado, mas também de um "ego" e "gênio" variantes da particularidade e caráter construído de maneira irregular e do "puxa a quem puxar".

Numa balança precisa existe um pêndulo de equilíbrio e medidas a serem distribuídas para uma estocagem por um período de tempo, provenientes de uma colheita passada e gerada por cálculos assertivos ou errôneos de ambas partes.

"O que se tem na despensa no momento é exatamente isto que deverá degustar".

Mas existem os que nada semeiam e se fartam como dependentes e após alguns anos se acham no direito de te prejulgarem, gastando os recursos gerados e economizados no seu transformador de ações.

Presenciamos uma energia contrita e contrária que invade nosso campo vibratório e o bom andamento e continuidade das coisas tornam-se absortas num espaço interrogativo que refletem medo e insegurança para o provedor. 

E uma mina de tristezas brotam do seu interior desequilibrando planos que preferimos arquivar para um tempo futuro que poderemos não realizar devido as incógnitas da vida.

Sabedouros que a liberação do perdão é a chave para continuarmos a enxergar as coisas com clareza e recomeçarmos do ponto que paramos e o interrompido e gerado pelo elo egocêntrico foi um "gato feito" para extorquir algo que a imaturidade ainda lhes atribuem.

Mas o incômodo choque ultrapassado em nossas mãos e sentidos n'alma, mostra-se agora como um pré-alerta a uma observação contínua no relacionamento que de alguma forma criou uma barreira invisível a certos sentimentos afetivos agora implantados com moderação.

Assim é a vida e o tempo passa e certas pessoas desgastam-se e outras aceitam a submissão por amor a família e os futuros entes queridos, mas os sonhos e esperanças podem ser tornar uma grande ilusão.

Vejamos os sinais, disponibilizai-nos chances de harmonização, observamos atentos, particularmente "eu" antes de ser recluso ou que repartam meus bens e seja atirado num recanto qualquer, já fiz as malas, terei minhas saudades mas estarei livre e em paz.



Frases geradas do texto

"Sou leão ingratidão batestes na porta errada"
"O que se tem na despensa no momento é exatamente isto que deverá degustar"


 http://www.verbalizar.prosaeverso.net/publicacoes.php
Carinhosamente agradeço o compartilhar de tão relevante texto, querido amigo Recantista: Maurício de Oliveira!
Conheçam o trabalho do escritor no Recanto das Letras.
Grata!


Um comentário:

Eles estão caçando gays