domingo, 30 de novembro de 2014

Morre aos 85 anos Roberto Gomes Bolaños

image
Roberto Gómez Bolaños caracterizado como seu mais famoso personagem: Chaves 
A rede de TV Televisa anunciou nesta sexta-feira (28) a morte do comediante Roberto Gomez Bolaños, criador dos seriados “Chaves” e “Chapolin”. Bolaños tinha 85 anos e faleceu em sua casa em Cancún, no México, segundo a emissora.

A última aparição do humorista foi em uma foto publicada pela filha dele, Paulina Gomez, no início de novembro, em seu perfil no Twitter. Na imagem postada por Paulina era possível ver que Roberto continuava respirando com a ajuda de um tubo de oxigênio, que ele usava desde abril deste ano.


Carreira
Roberto Bolaños começou sua carreira como publicitário e logo se tornou escritor e roteirista na década de 50. Mas foi apenas no final da década de 60, após ser contratado pela emissora TIM, que Bolaños deu início a sua carreira de ator. 
‘Chespirito’, nome pelo qual o humorista ficou mais conhecido, é o diminutivo ‘castelhanizado’ do nome do escritor inglês Shakespeare. O apelido carinhoso foi dado a Bolaños pelo diretor de cinema Agustín P. Delgado, que o considerava uma espécie de William Shakespeare latino, por sua capacidade de escrever histórias tão ricas e versáteis quanto as criadas pelo famoso autor inglês.
Em 1970, ganhou um programa próprio, batizado com seu apelido. No mesmo ano, o personagem Chapolin Colorado estreou na atração. No ano seguinte, “Chaves” foi ao ar pela primeira vez. Após o fim de “Chesperito”, em 1973, Chaves e Chapolin ganharam programas independentes, que duraram até 1979. “Chesperito” voltou a ser exibido em 1980, mantendo-se na grade por 15 anos.

Em 1984, o SBT passou a exibir “Chapolin” e “Chaves”. Este último passou a ser uma espécie de “levanta audiência” na emissora de Silvio Santos. A série foi retirada da programação algumas vezes, mas hoje é exibida de segunda a sexta-feira.

Vida Pessoal

Bolaños foi casado com a escritora Graciela Fernández, com quem teve seis filhos, entre 1958 e 1977, ano em que assumiu o relacionamento com a atriz e escritora Florinda Meza, a dona Florinda de “Chaves”. Eles oficializaram a união em 2004. Há alguns anos, eles vivem em Cancún, em uma casa próximo à Lagoa de Nichupté. O local fica livre do assédio da imprensa mexicana.

image

Saúde

Desde 2009, o estado de saúde do comediante era instável. Ele precisou operar a próstata e, por conta do procedimento, deixou de andar. Desde então, diversos boatos sobre sua morte são divulgados. Ao completar 85 anos em fevereiro, um parente próximo de Bolaños disse que o ator tinha acompanhamento médico 24 horas por dia.

Tristeza

Roberto, você não vai, permanece em meu coração e em todos os corações de tantos a quem fez feliz. Adeus Chaves para sempre”, escreveu no Twitter o ator Edgar Vivar, interprete do Senhor Barriga, após receber a notícia da morte do amigo.

Querido

Os personagens vividos por Roberto Bolaños estão entre os mais queridos do Brasil. Tanto que até mesmo a Rede Globo, concorrente do SBT, compartilhou em seu perfil no Facebbok uma postagem da emissora de Silvio Santos que informava sobre a morte do ator e ainda anunciava um especial que canal exibirá essa noite, logo após “Chiquititas”.

SBT

Em nota, o SBT lamentou o falecimento de Roberto Bolaños. “É com muito pesar que a direção do SBT confirma o falecimento do ator Roberto Bolaños, o Chaves, na tarde desta sexta-feira (28). O SBT lamenta a perda do grande artista que faz parte da programação da emissora há 30 anos”, informou o comunicado oficial da emissora.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Yahoo Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays