Simples, não?




Crie laços com as pessoas que lhe fazem bem, que lhe parecem verdadeiras. Desfaça os nós que lhe prendem àquelas que foram significativas na sua vida, mas,infelizmente, por vontade própria deixaram de ser. Nó aperta, laço enfeita. Simples assim.

Caio F. de Abreu

Comentários

Postar um comentário