Ser mulher



 
Quantas vidas eu tivesse, se pudesse escolheria ser mulher. Apesar da enorme carga de responsabilidades e da falta de valorização pela "sociedade" e grande parte do sexo oposto. O preconceito contra as mulheres ainda é muito forte... Por isso, é preciso ser mais forte a cada dia e estar atenta contra as armadilhas visíveis e as "camufladas".
Imagem de aparelho celular, no dia do meu níver, agosto/2013.

Comentários