sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Supremo rejeita pedido de Eduardo Cunha


para suspender processo de cassação


O deputado afastado Eduardo Cunha sofreu nesta quinta-feira (8) mais uma derrota. O Supremo Tribunal Federal negou o pedido para suspender o processo de cassação que corre contra ele na Câmara. Por 10 votos a 1, os ministros do STF entenderam que não houve irregularidades no andamento do processo.

O ex-presidente da Câmara responde ao processo de cassação por quebra de decoro parlamentar. Ele é acusado de ter mentido para a CPI da Petrobras sobre a existência de contas na Suíça em seu nome. A votação que pode definir o futuro de Eduardo Cunha está marcada para a próxima segunda-feira (12).

 sbt.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays