quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Por 14 votos a 5, comissão no Senado aprova relatório a favor de impeachment de Dilma


A Comissão Especial do Impeachment no Senado© Fornecido por Estadão A Comissão Especial do Impeachment no Senado











A Comissão Especial do Impeachment no Senado aprovou, por 14 votos a 5, o relatório final a favor do afastamento definitivo de Dilma Rousseff elaborado pelo senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) na manhã desta quinta-feira, 4.
O resultado já era esperado devido à configuração do colegiado. O parecer segue agora para apreciação do plenário do Senado, onde deve ser votado na próxima terça-feira, 9. O julgamento da presidente está previsto para o fim de agosto.
Votação.
A sessão começou às 9h45 e durou mais de duas horas. Líderes partidários e integrantes do colegiado tiveram até cinco minutos para falar e, ao final, todos votaram por meio do  sistema eletrônico. O presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), não votou. Ele só o faria em caso de empate.
Apenas o senador Wellington Fagundes (PR-MT), que foi vice-líder do governo Dilma no Senado, não participou da votação. Ele votou favoravelmente ao impeachment na primeira fase do processo e é o atual relator do orçamento de 2017, cargo concedido a ele já na ...
leia mais:
http://www.msn.com/pt-br/noticias/crise-politica/por-14-votos-a-5-comiss%C3%A3o-no-senado-aprova-relat%C3%B3rio-a-favor-de-impeachment-de-dilma/ar-BBvgivF?li=AAggXC1&ocid=mailsignout

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays