Morre irmão de garoto sírio fotografado em Aleppo


Ali Daqneesh, 10 anos, foi ferido no ataque aéreo de quarta-feira.
Imagem de seu irmão mais novo, Omar, chocou pessoas ao redor do mundo.


O menino Omran Daqneesh, de 5 anos, aguarda atendimento em uma ambulância, sujo de sangue e de poeira, após ser resgatado dentre escombros de um edifício alvo de um bombardeio aéreo em Aleppo, no norte da Síria. A cena causou comoção nas redes sociais (Foto: Reuters)
O menino Omran Daqneesh, de 5 anos, aguarda atendimento em uma ambulância, sujo de sangue e de poeira, após ser resgatado dentre escombros de um edifício alvo de um bombardeio aéreo em Aleppo, no norte da Síria (Foto: Reuters)
O irmão mais velho do menino sírio cuja imagem, atordoado e sangrando depois de um ataque aéreo, chocou as pessoas ao redor do mundo, morreu em Aleppo de ferimentos sofridos no mesmo incidente, afirmaram um monitor de guerra e uma testemunha.
Ali Daqneesh, 10 anos, foi ferido no ataque aéreo de quarta-feira, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um grupo de acompanhamento baseado no Reino Unido, e uma testemunha que estava presente no momento da morte, juntamente com o pai dos meninos.
Ele sofreu com hemorragia interna e danos em alguns órgãos, médicos disseram à testemunha.
Seu irmão mais novo, Omran Daqneesh, de cinco anos, foi filmado dentro de uma ambulância depois de ser retirado dos escombros, com uma expressão de incompreensão em seu rosto encoberto de pó e sangue. A imagem foi compartilhada por milhões de internautas nas redes sociais e estampou as manchetes do mundo inteiro.
Em um vídeo filmado pela rede de militantes do Centro de Meios de Comunicação de Aleppo (AMC), o pequeno Omran aparece limpando seu rosto ensanguentado com a mão. Depois olha para sua mão e, sem acreditar, limpa-a em seu assento.

tópicos:

Comentários