10 razões para dizer: Mais Janaína; Menos Dilma

Menos Dilma, Mais Janaína

Sabe o que a presidente Dilma Rousseff e Janaína Paschoal têm em comum? São mulheres. E só. De resto, a diferença é abismal, mas creio que comparar a jurista Janaína Paschoal com a presidente Dilma Rousseff é algo equivalente a comparar Ludwig von Mises com Guilherme Boulos, ou seja, é covardia pura. Mas a julgar pelo histórico do PT e de seus aliados, estou certo de que covardia é algo que não lhes assusta.
  1. Mas por que Menos Dilma e Mais Janaína? Para começo de conversa porque ao passo que na juventude a primeira estava envolvida com luta armada e com o grupo terrorista COLINA, a segunda iniciava seu doutorado em Direito Penal. Enquanto Dilma estudou para cometer crimes, Janaína estudou para compreender a Lei. Enquanto o orientador de Janaína, Miguel Reale Júnior, executava leis, Lamarca, o orientador de Dilma, executava soldados. Se o leitor me acusa de anacrônico, deve pensar que todos os estudantes de 1964 a 1985 se tornaram guerrilheiros e que após esse período ninguém se tornou comunista. Sabemos que o contexto é importante, mas não determinante. Elas possuem um caráter absolutamente diferente e que resultaram em trajetórias distintas. Sendo assim, não é por menos que seus apoiadores são divergentes.
  2. Menos Dilma, Mais Janaína, porque ao passo que a “nossa” presidente da República se vangloria de ter sido amiga do terrorista Carlos Lamarca[1], Janaína Paschoal assina um artigo intitulado “Terrorista é criminoso. Criminoso não é coitado. Também não é herói.
  3. Menos Dilma, Mais Janaína, porque a primeira acusa a segunda de golpista, ao mesmo tempo em que se articula de todas as maneiras, inclusive raspando o fundo dos cofres públicos, para sufocar a democracia e se perpetuar no poder.
  4. Menos Dilma, Mais Janaína, porque enquanto Janaína simboliza orgulho para as mulheres, Dilma representa o vexame.
  5. No começo do texto perguntei o que Dilma e Janaína têm em comum e respondi que era somente o fato de serem mulheres. Poderia dizer que ambas vivem no mesmo país, mas não seria justo. Afinal, Dilma não vive no Brasil, ela vive no PT e para o PT; a bandeira dela não é verde e amarela, mas vermelha. O país que a presidente Dilma vive não é o Brasil dos brasileiros, é o Brasil de sua quadrilha. Por outro lado, Janaína vive o Brasil dos brasileiros, o do verde e amarelo, e tem representado a indignação do brasileiro que não tem corrupto de estimação.
  6. Menos Dilma, Mais Janaína, porque enquanto Janaína arrisca a si própria, Dilma arrisca o país.
  7. Menos Dilma, Mais Janaína, porque a de vermelho não sabe falar, mas a de verde e amarelo, sim.
  8. Menos Dilma, Mais Janaína, porque Janaína teria mais capacidade para ser presidente da República do que Dilma para ser jurista.
  9. Menos Dilma, Mais Janaína, porque à medida que Janaína enfrenta uma máfia, Dilma faz parte dessa máfia.
  10. Menos Dilma, Mais Janaína, porque enquanto a primeira representa um partido, a segunda representa um país.
Em suma, as diferenças são infinitas, mas no que diz respeito às reformas pelas quais o Brasil terá que se sujeitar e que, inevitavelmente, passam pelo processo de impeachment, prefiro contar com a inteligência de uma brasileira do que com a incompetência de uma estrangeira.
Menos Dilma, Mais Janaína!
Thiago Kistenmacher Vieira é graduando em História pela Universidade Regional de Blumenau e Integrante do Movimento Brasil Livre Blumenau.
Blog da Rô

Comentários