segunda-feira, 17 de novembro de 2014

CONFIRA A LISTA DOS PRESOS PELA PF

JUSTIÇA FEDERAL DECRETA PRISÃO DE PRESIDENTES DE CINCO GRANDES EMPREITEIRAS ENROLADOS NO PETROLÃO

Ricardo Ribeiro Pessoa UTC Jose Aldemario Pinheiro Filho OAS Valdir Lima Carreiro IESA Dalton dos Santos Avancini CAMARGO Ildefonso QUEIROZ copy
Ricardo Ribeiro Pessoa, presidente da UTC; José Aldemário Pinheiro Filho, da OAS; Valdir Lima Carreiro; da Iesa Óleo e Gás; Dalton dos Santos Avancini, da Camargo Corrêa; Ildefonso Colares Filho, da Queiroz Galvão. Fotos: Montagem/Diário do Poder
A Justiça Federal decretou a prisão de pelo menos cinco presidentes de grandes empreiteiras no âmbito da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Além de Ricardo Ribeiro Pessoa, presidente da UTC; preso na manhã desta sexta-feira (14), foram presos José Aldemário Pinheiro Filho, da OAS e Ildefonso Colares Filho, da Queiroz Galvão. Também têm prisões decretadas Valdir Lima Carreiro, da Iesa Óleo e Gás e Dalton dos Santos Avancini, presidente do Conselho de Administração da gigante Camargo Corrêa.
Além do ex-diretor de Serviçoes e Engenharia da Petrobras Renato Duque, oito executivos de empreiteiras ligadas à estatal foram presos hoje (14) pela Polícia Federal. Confira a lista:
Em nova fase da Lava Jato, PF prende ex-diretor da Petrobr·s
Renato Duque, ex-diretor da Petrobras (prisão temporária)
Marcos-Bezerra-Estadao-Conteudo-Presidente-da-UTC-Ricardo-Pessoa-
Ricardo Pessoa, presidente da UTC (Prisão temporária)
Cristiano Kok, presidente da Engevix
Cristiano Kok, presidente da Engevix (condução coercitiva)







Gerson Almada
Gerson Almada, da Engevix (prisão preventiva)
Sérgio Cunha Mendes, vice-presidente da Mendes Júnior
Sérgio Cunha Mendes, vice-presidente da Mendes Júnior (prisão preventiva)







Prisão preventiva decretada:
Erton Medeiros Fonseca – Galvão Engenharia – São Paulo
Sérgio Cunha Mendes – Vice-presidente executivo da Mendes Júnior – Brasília
Agenor Franklin Magalhães Medeiros – Diretor vice-presidente da Área Internacional da OAS – São Paulo
José Ricardo Nogueira Breghirolli – OAS – São Paulo
Eduardo Hermelino Leite – Vice-presidente da Camargo Corrêa – São Paulo
Prisão temporária decretada:
Fernando Antônio Falcão Soares (Fernando Baiano) – Rio de Janeiro
Ildefonso Colares Filho – Diretor de construção pesada da Queiroz Galvão – Rio de Janeiro
Othon Zanoide de Moraes Filho – Diretor-geral de desenvolvimento comercial da Queiroz Galvão – Rio de Janeiro
Carlos Alberto da Costa SIlva – ligado ao doleiro Alberto Youssef – São Paulo
Walmir Pinheiro Santana – Diretor presidente da UTC – São Paulo
José Aldemário Pinheiro Filho – Presidente da OAS – São Paulo
Adarico Negromonte Filho – irmão do ex-Ministro Mario Negromonte – São Paulo
Jayme Alves de Oliveira Filho – Agente da Polícia Federal - Rio de Janeiro
Valdir Lima Carreiro – Presidente da IESA – Pinhais (PR)
Otto Garrido Sparenberg - Diretor da IESA - Rio de Janeiro
Dalton dos Santos Avancini – Presidente geral da Camargo Corrêa – São Paulo
Newton Prado Júnior – Diretor técnico da Engevix – Santos (SP)
Carlos Eduardo Strauch Albero – Diretor técnico da Engevix – Osasco (SP)
Ednaldo Alves da Silva – UTC – São Paulo
Alexandre Portela Barbosa – OAS – São Paulo
Mateus Coutinho de Sá Oliveira – OAS – São Paulo
João Ricardo Auler – Camargo Correa – São Paulo
Condução coercitiva decretada:
Luiz Roberto Pereira – São Paulo
Marice Correa de Lima – PT – São Paulo
Flávio Sá Motta Pinheiro – Mendes Junior – Belo Horizonte
Rogério Cunha de Oliveira – Mendes Junior – Recife
Ângelo Alves Mendes – diretor da Mendes Junior – Belo Horizonte
Fernando Augusto Stremel Andrade – OAS – Rio de Janeiro
Pedro Morollo Junior – OAS – Jundiaí (SP)
Edmundo Trujillo – Camargo Corrêa –  São Paulo
O vice-presidente da Camargo Correa, Eduardo Leite, além do lobista e operador do PMDB, Fernando Baiano, e outros três funcionários da Odebrecht, Márcio Faria da Silva, Rogério Satos de Araújo e Saulo Vinicius Rocha Silveira, não foram encontrados pelos agentes da PF.
http://www.diariodopoder.com.br/noticias/confira-a-lista-dos-presos-pela-pf/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eles estão caçando gays